Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Mais Seções » Entretenimento » TV – Lázaro Ramos estreia neste domingo, na Globo, ‘Lazinho com Você’

TV – Lázaro Ramos estreia neste domingo, na Globo, ‘Lazinho com Você’

TV – Lázaro Ramos estreia neste domingo, na Globo, ‘Lazinho com Você’

Ator, apresentador, cineasta, diretor e escritor. Lázaro Ramos é um artista múltiplo, que, aos 39 anos – completados em 1º de novembro –, vive um dos melhores momentos de sua carreira. Além da série “Mister Brau” (Globo), do espetáculo teatral “O Topo da Montanha”, do programa de entrevistas “Espelho” (no canal pago Canal Brasil) e do lançamento do livro “Na Minha Pele” – trabalhos bastante elogiados pela crítica –, o baiano vai encarar um novo desafio em 2017. No próximo domingo, ele estreia, nas tardes da Globo, “Lazinho com Você”, programa que foi gravado em algumas cidades brasileiras, entre elas Belo Horizonte.

TV - Lázaro Ramos estreia neste domingo, na Globo, 'Lazinho com Você'
TV – Lázaro Ramos estreia neste domingo, na Globo, ‘Lazinho com Você’

 

A atração vem com a proposta de produção colaborativa. Ou seja, o público ajudou a montar e a decidir os temas que serão levados ao ar nos cinco episódios desta primeira temporada. Para isso, foi disponibilizado um site no qual as pessoas enviaram suas sugestões. “A gente recebeu material dos 26 Estados e do Distrito Federal”, conta o apresentador.

Ramos explica que, há cerca de três anos, surgiu a vontade de fazer um programa para encontrar e escutar pessoas. “Aí, o Rafael Dragaud (diretor artístico do programa) veio com uma provocação para mim: o encontro real já acontece no mundo virtual também, e a gente tem que admitir isso de forma positiva. As pessoas já estão produzindo material audiovisual em vários formatos e também consumindo do jeito que querem e na hora que querem. Não sei se a gente está inventando alguma coisa ou só encaixando no que já é feito. Mas na TV, ele é um programa simples”, afirma.

Para incrementar a fórmula, a ideia foi propor ao público perguntas que gerassem discussão, sem a necessidade de ter resposta certa ou errada. “A cada semana começamos (no site) com uma pergunta, que é na verdade um disparador de conversas, e vai costurando todo o programa. Por isso eu definiria o ‘Lazinho com Você’ como um programa de escuta e proximidade”, ressalta.

Se por um lado a produção do programa provocou o público, o público também provocou a equipe. “Temos quadros, como o ‘Caravana com Lazinho’ e ‘Segue o Sonho’ que foram pensados previamente. Mas temos o ‘Clipa Aí’ que surgiu pela quantidade de música boa que a gente recebeu e percebemos que tínhamos que fazer alguma coisa. O ‘Sitcom de Todo Mundo’ também, que foi uma maneira de a gente interagir com os criadores de dramaturgia que conhecíamos ali”, pontua o artista.

Entretanto, Ramos ressalta que o programa não é sobre internet, mas sim sobre gente: “A linguagem não é de internet. O que é de internet tem linguagem de internet, e o que é de TV, tem linguagem de TV”.

Pé na estrada. As gravações do “Lazinho com Você” aconteceram neste semestre. Ao todo, a produção correu cerca de 7.000 km pelo Brasil. “Começamos pelo Rio, fomos aí para Minas, Distrito Federal, São Paulo e encerramos na Bahia. Foi uma delícia levar esses companheiros de equipe, depois de oito semanas de estrada, para mostrar a minha terra”, detalha Lázaro Ramos.

O apresentador revela uma curiosidade: Minas Gerais foi o Estado brasileiro com o maior número de pessoas que colaboraram com ideias. “É curioso que nas minhas redes sociais pessoais Minas vem antes da Bahia. Vamos ter muitas histórias por aí ao longo de toda a temporada”, garante ele. Belo Horizonte, Poços de Caldas e Serranias foram algumas das cidades mineiras pelas quais a produção do programa passou.

“A gente está fazendo um programa para entreter, ter humor, mas queremos ser relevantes. Buscamos o lado bom da internet, que é o que eu acredito: criar conexão, regionalizar, mostrar criatividade das pessoas e ter uma escuta”, afirma.

Carreira. “Sou um comunicador que às vezes é diretor, ator, apresentador ou escritor. Sou um eterno inquieto”. Assim Lázaro Ramos, que tem mais de 20 anos de carreira, se define. Ou melhor, deixa claro que prefere não se limitar. No campo da literatura, ele ainda colhe os frutos do livro de memórias “Na Minha Pele”, lançado neste ano – uma das obras mais vendidas da última edição da Flip e que rendeu a Ramos o troféu do prêmio GQ Brasil Men Of The Year 2017 na categoria literatura.

“Não é um livro sobre racismo. É um livro sobre afeto, sobre se pôr no lugar do outro, olhar o outro. O que me deixa feliz nesse projeto é saber que fui escutado num momento conturbado. O que significa que há espaço para a escuta e para a conversa”, explica. “É importante olhar o próximo com afeto. Vestir a pele do outro. Se todos nós exercitarmos o diálogo, e não o ódio, podemos chegar a soluções para muitos problemas”, pontua ele, sobre a importância de se falar sobre preconceito racial nos dias atuais. Recentemente, a mulher dele, a também atriz Taís Araújo, foi alvo de comentários racistas nas redes sociais.

No momento, Ramos está focado no novo trabalho na TV. “Eu adoro apresentar. Esse programa me deu um prazer enorme. Tem algo de solitário, estou acostumado a grupos de série, de novela… Nas ruas falava com um monte de gente, mas tinha momentos que era só eu. Tem algo de solitário, mas está sendo muito prazeroso fazer. O maior aprendizado nesse programa foi encontrar as pessoas, conseguir ser uma escuta e dialogar com o que viesse”, pontua. “As pessoas estão precisando muito ser escutadas. Me senti muito honrado e com muita responsabilidade. Quando a pessoa divide com você, ela te faz um convite a fazer parte com você. É muita energia”, acrescenta.

Para o ano que vem, virão as novas temporadas de “Mister Brau”, na Globo – os novos episódios da série que ele protagoniza ao lado da mulher Taís Araújo já começaram a ser gravados – e do programa “Espelho”, no Canal Brasil. O artista também pretende continuar a com o espetáculo “O Topo da Montanha”, uma ficção que remete aos últimos momentos de vida de Martin Luther King (1929-1968)

Leia Também

Motociclista morre após ser atingido por banheiro químico no Norte de Minas

Motociclista morre após ser atingido por banheiro químico no Norte de Minas

* Por: Jornal Montes Claros - 22 de Maio de 2018. Motociclista morre após ser …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *