SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Norte de Minas » Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene reivindica cervejaria Heineken para o Norte de Minas

Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene reivindica cervejaria Heineken para o Norte de Minas

Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene reivindica cervejaria Heineken para o Norte de Minas

Uma comitiva do Norte de Minas, esteve reunida nesta última quarta feira (25/04/2018) com a Diretoria da Heineken em SP para apresentar e reivindicar a construção de uma cervejaria na região, mais especificamente em Pirapora no Norte de Minas.

Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene reivindica cervejaria Heineken para o Norte de Minas
Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene reivindica cervejaria Heineken para o Norte de Minas

 

A comitiva do Norte Mineira estava composta por Zé Reis, ex-presidente da AMAMS – Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene e que havia solicitado a articulado essa agenda com a Diretoria da Heineken. A reunião contou ainda com a participação do Secretário de Planejamento de Pirapora, Luiz Antonio do Diretor Jurídico da AMAMS Alexandre Vieira e também do Gerente de ambientes do Banco do Nordeste em São Paulo, Humberto Leite.

A comitiva foi recebida pelo diretor tributário, Flavio Galiano, Renato Bordini Megda, gerente de Relações Governamentais e Corporativas e Mariana Americano, analista de Relações Governamentais.

O Banco do Nordeste mostrou os serviços ofertados pelo banco e apresentou as facilidades para financiar um possível projeto de implantação da indústria na área mineira da Sudene.

Dentro da visita, foram apresentadas várias potencialidades da região mineira da Sudene e de Pirapora no que refere a produção de cerveja, o que deixou a diretoria empolgada. Os diretores da Heineken disseram que com a aquisição da Brasil Kirin no ano de 2017, surgiu uma nova Heineken Brasil e disseram que não conheciam o potencial da nossa região.

Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene reivindica cervejaria Heineken para o Norte de Minas
Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene reivindica cervejaria Heineken para o Norte de Minas

 

Os diretores se mostraram surpreendidos com o potencial e afirmaram que em eventual expansão, certamente Pirapora vai estar no radar da Heineken, afirmou Zé Reis. Os principais pontos apresentados apresentados foram, a logística, que conta com uma rede intermodal de transportes, desde o rodoviário, ferroviário, fluvial e aéreo, o potencial energético de Pirapora, por contar com o maior parque de energia fotovoltaico da América Latina, além da qualidade da água do Rio São Francisco, que até a década de 90 produziu uma das melhores cervejas do país.

Conforme afirmou o Secretário de Planejamento de Pirapora, Luiz Antonio, a Prefeita Marcela autorizou que fossem adotadas todas as providências no sentido de viabilizar o empreendimento, como doação de terreno e incentivos fiscais. É uma expectativa, ainda embrionária, e não vamos medir esforços para viabilizar o projeto, disse Luiz Antonio.

O Grupo Heineken atualmente está em processo de expansão após a aquisição da Brasil Kirin, e com isso passaram de 3 fábricas no Brasil, para 15, e contam atualmente com mais de 13.000 funcionários. Minas Gerais é um dos estados que ainda não tem uma fábrica do grupo. Há um espaço geográfico vazio e um mercado de grande interesse da cervejaria. Certamente vamos avaliar o cenário de Pirapora numa futura expansão, afirmou o Diretor Tributário da Cia, Flávio Galiano. Segundo os dirigentes da segunda maior cervejaria do Brasil o projeto é viável, uma vez que o grupo está ainda em fase de expansão.

O Grupo Heineken produz, além da cerveja Heineken, algumas das principais cervejas, dentre elas  a Eisenbahn, Baden Baden, Devassa, Kaiser, Amstel, Zero Grau, Bavária e Schin.

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *