Vaga no Bolso
Inicio » Montes Claros » Conselho Tutelar apura suspeita de abuso sexual de menino em Montes Claros

Conselho Tutelar apura suspeita de abuso sexual de menino em Montes Claros

Conselho Tutelar apura suspeita de abuso sexual de menino em Montes Claros

O menino foi examinado por médicos no Hospital Universitário Clemente de Farias, que acionaram o Conselho Tutelar; a Polícia Militar também registrou ocorrência.
O menino foi examinado por médicos no Hospital Universitário Clemente de Farias, que acionaram o Conselho Tutelar; a Polícia Militar também registrou ocorrência.

Conselho Tutelar apura se um menino, de um ano e três meses de idade, foi vítima de abuso sexual em Montes Claros.

O caso foi notificado nesta quinta-feira (17) após a avó do menino, que mora com ele e a mãe, perceber ferimentos na região genital da criança. O menino foi examinado por médicos no Hospital Universitário Clemente de Farias, que acionaram o Conselho Tutelar; a Polícia Militar também registrou ocorrência.

De acordo com o Conselho Tutelar, a avó percebeu que a criança estava ferida na noite desta quarta-feira (16) e a levou ao hospital. Apesar de ainda não ter confirmação do abuso, os familiares acreditam que o autor possa ser do círculo familiar; aos conselheiros, a família não soube dizer sobre possíveis suspeitos do abuso.

De acordo com a conselheira tutelar responsável pelo caso, Adelza Costa, pelos indícios e gravidade dos ferimentos, as chances de que a criança tenha sido vítima de abuso são grandes. “O caso é incomum, tanto por ser um menino quanto pelo tipo de agressão. Quando o hospital encaminha para a perícia e aciona o Conselho, é porque no primeiro atendimento foi constatado que as suspeitas de abuso sexual são fortes”.

A criança teve alta do hospital no fim da tarde desta quinta-feira. De acordo com o Conselho Tutelar, o menino vai passar por exames de um médico legista no IML de Montes Claros. Só após o laudo de um perito ficará confirmada a natureza dos ferimentos.

Segundo informações da Polícia Militar, a ocorrência foi registrada constando a suspeita de abuso sexual e deve ser encaminhada, após emissão dos laudos médicos, à Polícia Civil, que fará as devidas investigações.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *