Publicidade

Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso » Coluna do Adilson Cardoso – O conto seguinte

Coluna do Adilson Cardoso – O conto seguinte

Coluna do Adilson Cardoso – O conto seguinte

Gemidos ecoavam das fendas que se  abriram  no chão da cozinha.  Pelas rachaduras do teto  era possível ver a  lua cheia se apagando no céu. Pessoas já falecidas faziam o jogo dos copos, chamavam  espíritos na mesa do café. Guido seu  amigo assassinado há poucos dias,  tinha um buraco na cabeça  onde se expunham  miiases, ele batia palmas com uma mão sem os dedos. Enquanto  os copos giravam um enorme estrondo se ouviu no  aquário, os  peixes desesperados  voaram atrás de uma borboleta que saiu da boca de Cordélia. Nuvens negras se ancoraram no teto, porcos desciam delas  tocando Trombetas,  uma cruz enorme  estava   fincada ao lado da porta onde um Rato gigante uivava crucificado. Cordélia arrancou  sua própria cabeça  com uma faca de pão, crianças  vestidas com mortalhas cantavam musicas do Black Sabbath. No espelho do banheiro havia uma escada guardada por uma Serpente, do forno do fogão  sairam  formigas transportando olhos humanos.  A  mãe de Cornélia estava  presa num  vidro de maionese, seu olhar era tranquilo, ela apontava para as pessoas na mesa e marcava na lateral do frasco.  Um Besouro gigante  surgiu do ralo da pia  arrastando  um caixão com uma corda lilás, ele soprou um apito e andou pela casa inteira fazendo arabescos,  até entrar pelo forno do fogão de onde sairam as formigas, um novo trovão retumbou. Cordelia acordou suada com a mão no peito, parou alguns segundos olhando em volta,  fechou o livro de Stephen King que estava aberto ao seu lado e virou-se para o canto da parede. Sua mãe que  a observava de longe, apagou a luz e bateu a porta.

 

Adilson Cardoso
Adilson Cardoso

 

Leia Também

A maquete do Centro Comercial, batizado de Nonada em homenagem ao escritor Guimarães Rosa, tem o formato do símbolo do infinito, representando a eternidade e o potencial divino.

A cidade de Montes Claros poderá ganhar novo centro comercial

* Por: Jornal Montes Claros - 24 de setembro de 2018. Durante reunião realizada na …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *