Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O bico do Homem Pato

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O bico do Homem Pato O hospital tinha um cheiro insuportável de comida, não que Pietro nutrisse antipatia pelos alimentos, mas era a mistura que se processava naquele ar. Medicamentos, desinfetantes, tinta nas paredes, até as vozes espalhadas nos corredores pareciam ter cheiro de injeção. Pietro estava com treze anos, era o limite para autorização …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – A vida secreta de um Botão Ardido

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – A vida secreta de um Botão Ardido Era só Artanildo passar que a galera lhe atirava uma pedra. Dentre muitos pejorativos  era chamado de Defunto, Butão ardido, Catapora, Paquiderme, Seboso e Zé Ruela. Pouca explicação podia ser dada a respeito de tamanha tortura que sofria o rapaz, exemplo de honestidade na Vila dos Gambás. — …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Releases de existências

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Releases de existências O pequeno comércio estava rigorosamente pintado sob os olhares da proprietária. Paredes multicores bem iluminadas e reproduções de artistas como: Basquiat, Wandy Warhol, Kandinsky e Mondrian, intercalados em todos os cantos. Uma papelaria espremida com prateleiras esticadas num espaço alongado, reaproveitando o antigo corredor ao lado da casa. Flamboyant havia se livrado …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Conspirando contra Mario

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Conspirando contra Mario Os familiares de Mario Célio pouco comentam sobre ele. Um primo da casa descascada próximo ao mercadinho diz que o rapaz foi para o Sul do Brasil. Esta tentando a sorte na capital Gaucha, mas outros cochichos são de que ele está escondido em Uberlândia na chácara de um ex-patrão dono de …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Fogo debaixo do umbigo

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Fogo debaixo do umbigo Bem antes do nascimento das piriguetes, em todas as partes do mundo já havia gente dando trabalho e outras coisas. Mas nenhum registro se compara as façanhas da filha mais moça do senhor Efêdido Barata e dona Janota Pataquada. Ava Gina, batizada por uma tia que morava em São Paulo que …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Fobia Siriguela

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Fobia Siriguela Um dia o jogo vira.  Siriguela jurava para si mesmo, mas lhe faltava atitudes para ter coragem. O irmão mais novo enfrentava quem viesse se perdesse na mão decidia na pedrada, Corante com pouco menos de treze anos fizera  um rombo na testa de um desafeto de quase trinta. Siriguela era a vergonha …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Batalha e Pedra Lascada

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Batalha e Pedra Lascada Quando comecei a freqüentar o centro da cidade, acho que não tinha nove anos completos. Fui convidado por dois irmãos que moravam na rua de trás, mas que não saiam de frente a minha casa jogando bolinhas de gude. Eles vendiam jornais, madrugavam para dar as primeiras noticias antes de raiar …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Goleiro Bruno Entre o ataque e a defesa

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Goleiro Bruno Entre o ataque e a defesa Bruno Fernandes é um cidadão de trinta e dois anos, sendo que os sete últimos foram vividos atrás das grades, acusado pelo assassinato da modelo Eliza Samudio. Hoje Bruno desfruta de uma liberdade imposta por liminar do Ministro Marco Aurélio Mello do STF. Até quando? Só iremos …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Números da Mega

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Números da Mega Parecia o melhor dos sonhos. Sonho lindo, cheio de areia e muitas pessoas lisonjeiras em volta. Prédios modernos, carros luxuosos e uma corrente de ouro dependurada no meu pescoço, a água do mar vomitava uma escuma branca, e, eu tomava água de côco sob os abanos de leques feitos a penas de …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Próxima Cena

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Próxima Cena — Não passe nesta rua após as dezenove horas! – Tina lia o cartaz afixado no poste e olhava no relógio. Diluído demorava como sempre, mas ainda faltavam alguns minutos para as dezoito horas. Diluído era a alcunha do seu companheiro de doze anos, juntos fabricaram quatro filhos e ainda cuidavam de dois …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – O ultimo dia de Amélia

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O ultimo dia de Amélia Herval, nome herdado do pai que herdara do seu pai. Mas poderia chamá-lo de notívago ou boêmio, assim como chamara seu pai, pois herdara o amor pelas noitadas, bebidas, cigarros e mulheres, muitas mulheres. Ás vezes ficava por dias seguidos vagando de bar em bar, revezando nos leitos das putas, …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Somos todos Corruptos

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Somos todos Corruptos Que atire a primeira pedra, aquele que não tem pecado algum. Segundo as escrituras Jesus Cristo queria dizer que não devemos apontar os erros dos outros, pois erramos também. Antes de delongas previstas somente para encorpar a redação, vamos relembrar um provérbio um tanto surrado  que diz; “Macaco senta no rabo dele …

Leia Mais »
EV SSL Certificate