PUBLICIDADE

JUNTOS VAMOS A ECONOMIZAR 30% DE ÁGUA - COPASA Coluna de Adilson Cardoso

PUBLICIDADE

FADECIT - Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais

Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O Relógio

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O Relógio “O mais antigo instrumento de marcar as horas foi o “relógio do sol” que foi inventado pelos babilônios e tinha um funcionamento simples: uma haste vertical se projetava do centro de uma superfície circular, projetando uma sombra do sol para indicar a hora.” O relógio está na parede, está no bolso, no pulso, …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Também estou roubando

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Também estou roubando O estacionamento da Empresa ficava duzentos metros depois da porta de saída da sessão, trabalhar doze horas com intervalo de apenas sessenta minutos, se fartando do cheiro nauseante de borracha misturada a solvente ampliava o desejo de mudar de emprego. Mas quatorze de milhões de desempregados vagando feito zumbis em busca de …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – As Patas do Cavalo e a Morte do Cavaleiro

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – As Patas do Cavalo e a Morte do Cavaleiro Fiquei sabendo que esses cavaleiros de bronze que ficam nos parques, ás vezes nas praças e até dentro de Colégios tem um significado de acordo com a pata do Cavalo. E todo o significado é relativo à sua desgraça final. Quando o cavalo tem as duas …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – A Bicicleta e o silêncio

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – A Bicicleta e o silêncio Toicim e Tiririca moravam em Montes Claros, bairro Ypiranga, anos 80. As drogas eram personagens distantes da realidade de muitos adolescentes e jovens trintões e quarentões. Quando se ouvia dizer que fulano fumava um baseado os vizinhos já tratavam de blindar seus filhos, ferrar aquele usuário com uma marca bem …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – A sorte veio no domingo de manhã

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – A sorte veio no domingo de manhã Marcelo abriu mais cedo as portas do mercadinho. Thor o cachorrinho marron estava do outro lado da rua, sua dona pode ter descuidado na hora de trancar o portão. Ele cheirava uma sacola de lixo e olhava em volta com receio de que outros cães aparecessem para lhe …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Crédito para celular

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Crédito para celular Crédito para celular — Fala Crime! Suave ai truta? — Suave é o caralho mermão! Cadê a porra dos créditos que te mandei colocar! — Como assim, fui pessoalmente pra não ter onda parça! E foi uma cara de quinhentos minutos. Tu vai terminar de puxar sua cana falando toda hora! Se …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – O bico do Homem Pato

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – O bico do Homem Pato O hospital tinha um cheiro insuportável de comida, não que Pietro nutrisse antipatia pelos alimentos, mas era a mistura que se processava naquele ar. Medicamentos, desinfetantes, tinta nas paredes, até as vozes espalhadas nos corredores pareciam ter cheiro de injeção. Pietro estava com treze anos, era o limite para autorização …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – A vida secreta de um Botão Ardido

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – A vida secreta de um Botão Ardido Era só Artanildo passar que a galera lhe atirava uma pedra. Dentre muitos pejorativos  era chamado de Defunto, Butão ardido, Catapora, Paquiderme, Seboso e Zé Ruela. Pouca explicação podia ser dada a respeito de tamanha tortura que sofria o rapaz, exemplo de honestidade na Vila dos Gambás. — …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Releases de existências

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Releases de existências O pequeno comércio estava rigorosamente pintado sob os olhares da proprietária. Paredes multicores bem iluminadas e reproduções de artistas como: Basquiat, Wandy Warhol, Kandinsky e Mondrian, intercalados em todos os cantos. Uma papelaria espremida com prateleiras esticadas num espaço alongado, reaproveitando o antigo corredor ao lado da casa. Flamboyant havia se livrado …

Leia Mais »

Coluna do Adilson Cardoso – Conspirando contra Mario

Adilson Cardoso

Coluna do Adilson Cardoso – Conspirando contra Mario Os familiares de Mario Célio pouco comentam sobre ele. Um primo da casa descascada próximo ao mercadinho diz que o rapaz foi para o Sul do Brasil. Esta tentando a sorte na capital Gaucha, mas outros cochichos são de que ele está escondido em Uberlândia na chácara de um ex-patrão dono de …

Leia Mais »