Vaga no Bolso

Inicio » Minas Gerais » Caminhões da Copa Truck aceleram pela primeira vez no Circuito dos Cristais

Caminhões da Copa Truck aceleram pela primeira vez no Circuito dos Cristais

Caminhões da Copa Truck aceleram pela primeira vez no Circuito dos Cristais

O Circuito dos Cristais, em Curvelo, será invadido no próximo fim de semana por uma das mais espetaculares categorias do automobilismo.

DESTAQUE – Com passagem vitoriosa pela F-Indy, paulista Felipe Giaffone é um dos nomes conhecidos no grid da categoria
DESTAQUE – Com passagem vitoriosa pela F-Indy, paulista Felipe Giaffone é um dos nomes conhecidos no grid da categoria

 

O show nos 3.020m da versão curta do traçado será dos pesados, com a penúltima etapa da temporada da Copa Truck, que encerra também a Copa Sudeste (um dos quatro minitorneios que compõem o calendário). Um espetáculo único proporcionado por máquinas com 1.200 cavalos de potência, capazes de superar os 200 km/h, comandadas por um time de feras que mistura especialistas nos caminhões e pilotos com passagem até mesmo pela Fórmula Indy, caso de Felipe Giaffone.

Nada menos que seis fábricas de caminhões estarão representadas no grid: Volkswagen/MAN, Ford, Iveco, Mercedes-Benz, Scania e Volvo. E, em jogo, nas duas corridas do domingo, além do troféu de campeão da Copa Sudeste, os três últimos lugares entre os classificados para a “Grande Final” – a etapa decisiva, em 2 de dezembro, em Curitiba.

Para todos os inscritos trata-se de um desafio inédito, sem qualquer tipo de referência sobre o desempenho dos caminhões – os treinos livres de sexta-feira serão a chance de se familiarizar com a pista e buscar o melhor acerto para a tomada de tempos do sábado e as duas provas.

A liderança da Copa Sudeste é de Roberval Andrade, com o Scania patrocinado pelo Corinthians (venceu as duas provas do fim de semana de Interlagos), seguido pelo Mercedes de André Marques. Na briga pelas vagas na decisão aparecem em vantagem Fábio Fogaça, Renato Martins, Witold Ramasauskas e Rogério Castro.

“O foco é total em conquistar esse título e somar pontos que farão diferença na disputa final com o Giaffone e o Wellington Cirino. Quero tirar o máximo proveito disso”, destaca Roberval.

FUMAÇA

Se a competição é diferente de qualquer outra sobre quatro rodas, o regulamento também tem pontos característicos. Um deles é a presença de uma zona de radar em trecho determinado pela organização na qual os caminhões não podem superar os 160km/h, uma forma de limitar o desempenho dos pesados e evitar a sobrecarga dos freios. Quem é flagrado andando mais rápido no local é punido.

Outro aspecto vigiado com rigor é a quantidade de fumaça expelida pelos escapamentos. Como se trata de motores turbodiesel de até 13.000cc com preparação, sistemas eletrônicos monitoram o material expelido pelos motores e, em caso de excesso, a punição é praticamente imediata.

Os ingressos, com valores entre R$ 40 (arquibancada Nação Truck) e R$ 220 (camarote com open food) podem ser adquiridos no site http://copatruck.com.br/ingressos-curvelo/ ou nas bilheterias do autódromo sábado e domingo. Quem for no sábado, aliás, terá acesso aos boxes com qualquer das entradas.

MERCEDES

Os caminhões não serão a única atração de um fim de semana de movimentação e entretenimento dentro e fora da pista. Outro destaque são os treinos e corridas do Mercedes-Benz Challenge, único monomarca disputado com carros da montadora alemã no mundo.

O grid é composto por dois modelos: o mais recente CLA 45 AMG e seu antecessor C250, com expectativa de mais de 20 máquinas batendo rodas pela primeira vez no traçado mineiro.

No domingo, a programação oficial tem início às 8h (abertura dos portões) com os treinos de aquecimento do Mercedes Challenge e da Truck. Os carros aceleram em sua corrida às 10h50, enquanto os caminhões largam para a primeira prova às 14h, voltando a acelerar às 14h45.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *