Últimas Notícias

Coluna da Jerusia Arruda – Nova denúncia

Coluna da Jerusia Arruda – Nova denúncia

NOVA DENÚNCIA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi denunciado na segunda-feira (26) por crime de lavagem de dinheiro envolvendo negócios na Guiné Equatorial. Segundo a denúncia feita pela força-tarefa da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal em São Paulo, Lula recebeu R$ 1 milhão por meio de doação ao seu instituto, valor que teria sido recebido após interferência do ex-presidente em decisões do ditador do país africano, Teodoro Obiang, que resultaram na ampliação dos negócios do grupo brasileiro ARG na Guiné Equatorial. O Instituto Lula alega que todas as doações foram “legais, declaradas, registradas, pagaram os impostos devidos, foram usadas nas atividades fim do Instituto e nunca tiveram nenhum tipo de contrapartida”.

PF NO GOVERNO

O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, anunciou dois delegados da Polícia Federal como integrantes de sua equipe: Rosalvo Ferreira Franco foi indicado para ocupar o cargo de chefe da Secretaria de Operações Policiais Integradas, e Fabiano Bordignon comandará o Depen (Departamento Penitenciário Nacional). A secretaria será criada pela gestão Moro e precisa da aprovação de uma medida provisória ou de um decreto regulamentador para que entre efetivamente em vigor.

MAIS MÉDICOS

O Ministério da Saúde informou que cerca de 96% das vagas o programa Mais Médicos foram preenchidas. Segundo o MS, as inscrições seguem até 7 de dezembro pelo site do programa. A apresentação dos profissionais aos municípios deve ocorrer até o dia 14 de dezembro, e os médicos devem entregar todos os documentos exigidos no edital.

EFEITO CASCATA

O presidente Michel Temer sancionou na segunda-feira (26) o reajuste dos ministros do Supremo Tribunal Federal e da procuradora-geral da República, que sobem de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil. O aumento foi garantido após a Suprema Corte cumprir acordo com Temer condicionando o aumento do salário à revogação do auxílio-moradia a juízes de todo o país. A medida provoca um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário, abrindo caminho também para um possível aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.

GOVERNO MILITAR

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou mais um militar, o quarto em sua equipe, para integrar o governo. O general Carlos Alberto Santos Cruz assumirá a Secretaria de Governo. Ele foi secretário nacional de Segurança Pública.

 

Jerusia Arruda
Jerusia Arruda