Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias
Curso - Fórmula da Eleição 2020
Inicio » Economia » Conheça quais os empréstimos que possibilitam usar uma garantia

Conheça quais os empréstimos que possibilitam usar uma garantia

Conheça quais os empréstimos que possibilitam usar uma garantia

Recentemente, os trabalhadores brasileiros passaram a ter direito a mais um tipo de empréstimo com uso de garantia. Existem duas modalidades: empréstimo com veículo em garantia, e com imóvel de garantia. A partir de setembro de 2018, os trabalhadores começaram a usar o FGTS como recurso de garantia pela Caixa.

Conheça quais os empréstimos que possibilitam usar uma garantia

 

O FGTS, conhecido como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, é um recurso que fica retido quando um trabalhador pede as contas e muda de emprego. Essa modalidade é bem recente e só pode ser feito pela Caixa Econômica Federal. É um empréstimo consignado, e não crédito pessoal, e tem juros menores do que o habitual.

Contratar um empréstimo consignado significa optar por um pagamento que é descontado em folha de pagamento, rigidamente controlado. O FGTS é utilizado como garantia caso o trabalhador não consiga pagar as parcelas, e justamente por essa segurança que os juros acabam sendo menores.

Cada empréstimo é avaliado pela Caixa, que tem um controle maior do que cada trabalhador pode pagar, por ter dados diretos do FGTS. Desde 2016, o governo e a Caixa demonstram interesse nessa modalidade, e recentemente a Caixa criou um sistema seguro de saber o que cada consumidor possui retido e o quanto pode gastar.

É importante o consumidor saber que a Caixa é a gerenciadora do FGTS, e por essa autoridade consegue dimensionar os riscos de cada cidadão interessado.

Essa modalidade é uma boa estratégia?

Se comparado com as linhas de crédito pessoal, a modalidade com uso de garantia do FGTS é sim uma boa estratégia. Os juros são realmente inferiores, e não podem passar de 3,5% ao mês. Há instituições financeiras e bancos privados que podem trabalhar com juros acima de 300% ao ano, então é uma boa tática!

Outras modalidades de empréstimo com uso de garantia

As modalidades mais tradicionais são as de empréstimo de veículo e de imóvel. Podem ser feitas tanto em bancos públicos quanto privados, mas trabalham com juros diferentes. É preciso avaliar bem, escolher e colocar todos os custos na ponta do lápis.

Modalidade de empréstimo com imóvel de garantia

Apesar do crédito pessoal ser o tipo de empréstimo mais famoso, é possível optar por outras formas de pedir dinheiro emprestado. O empréstimo com imóvel de garantia é uma forma que pode ser arriscada, porém se feito com cuidado, traz algumas vantagens.

O imóvel pode ser residencial ou comercial, desde que o imóvel esteja quitado. Os valores a serem negociados também tendem a ser maiores do que na modalidade empréstimo com veículo em garantia.

A partir de uma avaliação minuciosa, o empréstimo aprovado considera juros mais baixos que outras linhas mais tradicionais. Ao contrário da garantia de veículo, em que o bem não pode ser vendido até que o empréstimo seja quitado, o imóvel pode ser vendido. O processo, no entanto, se difere da forma tradicional.

Apesar das vantagens dos juros mais baixos e maior facilidade no pagamento da parcela, essa é uma modalidade que precisa de muitos cuidados.Se as parcelas não forem pagas em dia, o banco ou instituição pode leiloar seu imóvel.

É importante que o consumidor saiba que o imóvel pode ser alienado apenas uma vez a cada empréstimo. Isso significa que enquanto você está pagando um empréstimo, não pode dar seu imóvel como garantia em outra dívida.

Por regra e diretriz de qualquer instituição, o valor do empréstimo não pode ser maior que 60% do valor do seu imóvel. É por meio de uma avaliação técnica e jurídica que se sabe o valor do imóvel no mercado.

Modalidade de Empréstimo com veículo em garantia

Essa modalidade atrai bastante as pessoas pela diferença de juros em relação a outras linhas de empréstimo. É possível ter uma média de taxa de juros de 50 a 80% mais baixas do que o famoso e tradicional cheque especial. Mas, para isso, é preciso colocar seu veículo como garantia.

É uma forma de refinanciamento do bem, mas é um tipo de crédito bastante comum. Com ele, você oferece um veículo, que pode ser um carro ou uma moto, para trazer segurança ao banco ou instituição financeira. Dessa forma, é possível conseguir um valor base de empréstimo de acordo com o valor do carro.

Há bancos e financeiras que podem oferecer entre 50 a 90% do valor do carro no empréstimo. Para ser aprovado nessa modalidade, o cidadão precisa ter o veículo quitado e em seu nome. O cuidado nesse tipo de modalidade está em ter certeza que consegue pagar as parcelas, pois se não, o veículo pode ser tomado.

Com essas garantias, as instituições têm mais confiança em emprestar o dinheiro e aprovar o empréstimo com veículo em garantia. Com essa segurança, os juros diminuem, sendo uma opção convidativa para o consumidor.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *