Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Arruda » Coluna da Jerusia Arruda – Estava escrito

Coluna da Jerusia Arruda – Estava escrito

Coluna da Jerusia Arruda – Estava escrito

ESTAVA ESCRITO

Um documento interno da Vale estimou em outubro de 2018 quanto custaria, quantas pessoas morreriam e quais as possíveis causas de um eventual colapso da barragem de Brumadinho (MG), que acabou se rompendo no dia 25 de janeiro, deixando ao menos 165 mortos. O relatório, publicado nesta quarta-feira pela Folha de S.Paulo, é usado pelo Ministério Público de Minas Gerais em ação civil pública em que pede medidas imediatas para evitar novos desastres. Dez barragens, incluindo a de Brumadinho, estariam em situação de risco, segundo o documento da própria mineradora.

CPI DA MINERAÇÃO

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, leu na terça-feira o pedido de criação de uma CPI que vai apurar as causas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. A leitura é o último passo para a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito. Diante disso, caberá aos líderes partidários indicar os integrantes da CPI. Depois, a comissão será instalada e será eleito o presidente e do vice, além da designação do relator. A CPI da tragédia em Brumadinho terá prazo de 180 dias para concluir os trabalhos.

EM CASA

O presidente Jair Bolsonaro está de volta a Brasília, depois de passar 17 dias internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. A recomendação dos médicos é de repouso, por isso, o presidente irá despachar do Palácio da Alvorada, residência oficial. Bolsonaro será acompanhado pela equipe médica da Presidência, que conta com enfermeiros e fisioterapeutas.

MÉDIUM SEGUE PRESO

O Tribunal de Justiça de Goiás negou o pedido de habeas corpus para João de Deus pelo crime de posse ilegal de armas encontradas na casa do médium, em Abadiânia. Mesmo se a solicitação fosse aceita, ele continuaria detido por outro mandado referente a denúncias de abuso sexual durante atendimentos espirituais. João de Deus está preso em Goiânia desde dezembro do ano passado. Ele é réu em três processos por crimes sexuais e um por posse ilegal de arma de fogo. O médium nega os crimes.

SURTO DE FEBRE AMARELA

O Brasil pode estar vivendo um surto de febre amarela. O alerta é da Organização Mundial da Saúde (OMS), que diz ser a terceira onda da doença registrada no país em dois anos. Segundo a OMS, na primeira onda, entre 2016 e 2017, foram confirmados 778 casos em humanos e 262 mortes. Na segunda onda, entre 2017 e 2018, foram contabilizados 1.376 casos em humanos e 483 mortes. E entre dezembro de 2018 e janeiro deste ano o Brasil já registra pelo menos 36 casos confirmados em humanos.

 

Jerusia Arruda
Jerusia Arruda

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *