SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Inutilidades Públicas

Eleitor de Bolsonaro, diz que Jesus Cristo foi morto por pessoas ligadas ao PT. A conversa não saiu da boca de nenhum simples “Zé Ruela” quem fez a tal afirmação, foi ninguém menos que Orlando Bidé, o advogado das celebridades de Capitão Enéas. Por ocasião do XX Congresso Internacional dos  fundadores da cidade de Caçarema, Dr Bidé como é conhecido, foi convidado ao microfone para falar sobre a importância do evento para os povos daquela região, mas ele tinha outras intenções. Leia trechos do discurso:

“Senhoras e senhores cidadãos e cidadoas de Caçarema e Capitão Enéas, o momento é propicio para enaltecer os feitos heróicos dos fundadores desta Megalopole de nome Caçarema? Sim! Claro que é, mas antes é necessário dizer que Jesus pode não voltar por agora, como nós cristãos da corrente amores do Bolsonaro, estávamos esperando. Eu explico, porém preciso voltar há  dois mil anos, quando ele foi crucificado! E por quem? Eu lhes pergunto, por quem nosso senhor Jesus Cristo foi crucificado? Vocês tem três alternativas, foram os Corinthianos? Nãããõ! Foram os Flamenguistas? Nããããããão! Foram os Romanos? O quê? Vocês gritaram sim!! Pois tirem esta idéia da cabeça, quem crucificou Jesus Cristo foi uma Gang bárbara de Petralhas Traumáticos, liderados por um sujeito de nome  Pôncio Lulácio da Silva! Nosso presidente Bolsonaro descobriu através  de amizades abençoadas por Deus, e, pede que seja divulgado em todos os cantos que houver gente, casamentos, batizados, velórios, provas do ENEM e até em surubas de motéis, se algum filho de Deus cair em tentação e participar desta atividade,peça um minuto e fale sobre a descoberta. Agradeço a oportunidade e parabenizo a todos pela festa, e não se esqueçam, Lula crucificou Jesus.

Riso da hora

            Um imigrante brasileiro trabalhava na seção de verduras de um pequeno supermercado em Portugal. Chega um senhor e lhe pede meio pé de alface. O brasileiro pede ao freguês que aguarde, pois teria de consultar o gerente. Na gerência, ele grita da porta:

– Patrão, tem um unha de fome que quer meio pé de alface…

Nem bem acaba de gritar, o brasileiro se dá conta de que o freguês estava bem atrás dele. Então, virando-se para o cliente, acrescenta com voz aveludada:

-…E  este distinto cavalheiro se oferece para comprar a outra metade!

O gerente concorda com a venda.

No final do expediente, o gerente manda chamar o funcionário e lhe diz:

– Você tem grande presença de espirito e conseguiu se sair bem da enrascada em que se meteu. É de funcionários assim que eu gosto. De onde você é?

– Do Brasil.

– Ah, é? E por que você deixou seu país?

– Não gostava. No brasil só tem piranha e jogador de futebol.

– Veja, só! Minha mulher é brasileira – responde o gerente.

– Não me diga… Em que time de futebol ela jogava?

Fica assim amanhã tem mais….

 

Hesiodo José
Hesiodo José

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *