Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias
Curso - Fórmula da Eleição 2020
Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Justiça condena dois acusados de matar agente penitenciário em Montes Claros

Montes Claros – Justiça condena dois acusados de matar agente penitenciário em Montes Claros

Montes Claros – Justiça condena dois acusados de matar agente penitenciário em Montes Claros

Montes Claros – A Justiça condenou a mais de 40 anos de prisão os dois acusados de matar um agente penitenciário em Montes Claros, no Norte de Minas. Wesley Fabrício Ribeiro foi morto com um tiro em abril de 2015 quando estava a caminho do Presídio Regional. O Conselho de Sentença foi formado por sete jurados.

Montes Claros - Justiça condena dois acusados de matar agente penitenciário em Montes Claros
Montes Claros – Justiça condena dois acusados de matar agente penitenciário em Montes Claros

 

Segundo o Ministério Público, os dois foram condenados por homicídio duplamente qualificado pelo motivo torpe, retaliação às regras do sistema prisional e recurso que dificultou a defesa da vítima. Tadeu Igor Brandão vai cumprir 25 anos de prisão e Igor Felipe Moura teve a pena reduzida a 20 anos de detenção porque na época do crime, ele tinha menos de 21 anos.

O mandante do crime Edmilson dos Santos Souza foi condenado em 2018 a 25 anos de prisão por homicídio qualificado.

Entenda o caso

O agente penitenciário era lotado no Presídio Regional e estava a caminho do trabalho quando foi abordado por dois homens em uma moto. Eles atiraram várias vezes e a vítima foi atingida com um tiro na cabeça. Wesley Fabrício Ribeiro foi socorrido por funcionários do presídio e pelo Samu, e, morreu antes de dar entrada no hospital. Ele era funcionário efetivo do presídio desde novembro de 2014.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *