Semana Global do Empreendedorismo - CLIQUE AQUI

Últimas Notícias
Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Últimas » MG – Aluno invade escola e atira contra colegas no Vale do Jequitinhonha

MG – Aluno invade escola e atira contra colegas no Vale do Jequitinhonha

MG – Aluno invade escola e atira contra colegas no Vale do Jequitinhonha

MG – Um estudante, que teria 17 ou 18 anos, invadiu a escola em que estuda e atirou contra alunos no município de Caraí, no Vale do Jequitinhonha, na manhã desta quinta-feira. Dois adolescentes de 15 e 16 anos ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital Municipal de Padre Paraíso, cidade vizinha. 

O tiroteio ocorreu  na Escola Estadual Orlando Tavares, que fica no distrito de Ponto da Marambaia. A comunidade fica a 32 quilômetros da sede de Caraí e a 15 de Padre Paraíso. A instituição atende alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º do Ensino Médio.
Segundo o diretor do educandário, Márcio Anselmo Vieira Matos, havia cerca de 300 alunos no local. O fato aconteceu por volta das 8h, quando parte dos estudantes fazia atividades de educação física. Houve pânico e correria. Com o auxílio da direção e dos professores, eles conseguiram entrar nas salas para fugir do atirador.
Município de Caraí, no Vale do Jequitinhonha
Município de Caraí, no Vale do Jequitinhonha

 

O atirador estuda no turno da manhã, no 2º ano, mas não foi à aula. Armado com uma garrucha de dois canos, um facão e uma réplica de pistola, ele pulou um dos muros laterais para invadir a instituição de ensino.
Segundo o professor de matemática João Nazareno Chaves, uma colega de profissão impediu que a tragédia tivesse consequências maiores. Ele contou ao Estado de Minas que o aluno tentou invadir uma das salas, mas a professora Sandra Borges segurou a porta pelo lado de dentro. Ao ver que ele forçava a entrada, outros alunos ajudaram a docente contê-lo. Mas, ele atirou pelo lado de fora. A bala atravessou a porta e atingiu um aluno de 16 anos. O professor João Nazareno o levou de carro ao hospital de Padre Paraíso. Ele disse que o estado de saúde do jovem é gravíssimo.
Como não conseguiu entrar na sala, o jovem saiu atirando pelo corredor. Foram pelo menos cinco disparos. Havia a suspeita de que um outro aluno, de 15 anos, havia sido baleado. No entanto, ele foi atingido por um golpe de facão em um dos braços. Ele também foi levado a Padre Paraíso por populares.
Ainda segundo funcionários, o estudante até então era considerado um aluno quieto, sem agressividade. A motivação do crime ainda não foi esclarecida. Após atacar as pessoas, ele pulou o muro para a rua e tentou entrar novamente, mas foi detido pela Polícia Militar (PM). Um outro envolvido também foi detido, mas ainda não há detalhes da participação dele no crime.

Por Luiz Ribeiro do Estado de Minas

 

Governador do Estado de Minas Gerais emite nota oficial (Leia na integra a nota):

 

Recebi com muita tristeza a notícia de que dois jovens alunos ficaram feridos após um estudante invadir a escola em que estuda, no distrito de Ponto da Marambaia, no município de Caraí, no Vale do Jequitinhonha, e atirar contra seus próprios colegas. Uma tragédia maior só não ocorreu graças ao trabalho e ação dos professores e alunos da Escola Estadual Orlando Tavares. Já determinei que seja prestado todo o apoio à instituição de ensino, às famílias das vítimas, aos estudantes, pais, professores, demais funcionários e toda comunidade escolar.  Representantes da Superintendência Regional de Ensino de Teófilo Otoni estão na escola e também dão todo o suporte aos estudantes no hospital. Podem ter a certeza de que o Governo de Minas acompanha com máxima atenção o fato.

Governador Romeu Zema

ATENÇÃO IMAGENS FORTES (IMAGENS ENVIADAS AO JORNAL MONTES CLAROS)

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *