Matrículas Aberta - Escola Adventista

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Esporte » Brasileirão » Cruzeiro tem desempenho ruim contra times ameaçados pelo rebaixamento

Cruzeiro tem desempenho ruim contra times ameaçados pelo rebaixamento

Cruzeiro tem desempenho ruim contra times ameaçados pelo rebaixamento

Raposa tem muita dificuldade de vencer times que estão ou rondam o Z-4 do Brasileirão

Nesta quinta-feira (28), às 21h30 (horário de Brasília), o Cruzeiro entra em campo, no Mineirão, diante do CSA, para conseguir algo raro nesta edição do Brasileirão: vencer times que vivem para fugir do Z-4. Aliás, é nesta mesma situação que a Raposa se encontra há muito tempo na competição, e os resultados nestes “confrontos diretos” não têm deixado o torcedor nada feliz.

Desde a 5ª rodada, quando o Campeonato Brasileiro começou a criar forma e já foi possível entender quais seriam as aspirações de cada equipe ao longo do ano, o Cruzeiro pegou 10 vezes clubes da parte inferior da tabela de classificação, e venceu somente uma vez. Nos outros encontros, duas derrotas e sete empates — é o time da competição que mais vezes ficou na igualdade em seus compromissos, com 15.

Única vitória

O único jogo que o Cruzeiro venceu contra um adversário, que também se via ameaçado foi na 29ª rodada, foi quando derrotou o Botafogo, por 2 a 0, no Estádio Nilton Santos. Naquela altura, a Raposa ocupava o Z-4 na 17ª colocação enquanto os cariocas eram 13º na tabela. Mas, somente quatro pontos separavam as duas equipes.

Os mineiros abriram o placar aos 25 do primeiro tempo, depois que Cacá aproveitou cobrança de escanteio de Thiago Neves para subir mais alto do que todo mundo e testar para o fundo das redes. Em seguida, suportaram muita pressão do Botafogo que foi ao ataque para empatar a partida.

O sossego só veio já no final do duelo, aos 51 do segundo tempo, nos pés de Éderson. O Fogão errou na saída de bola, Dodô aproveitou e achou Ariel Cabral, que serviu o volante para ampliar e definir o placar da partida.

Com a vitória, o Cruzeiro subiu de 29 para 32 pontos, deixou a zona de rebaixamento após 10 rodadas consecutivas e fez o Botafogo ficar a três do Z-4.

As duras derrotas

Algumas derrotas amargas jogaram o Cruzeiro para a delicada situação em que se encontra nesta altura do campeonato. A primeira delas aconteceu logo cedo, ainda na 6ª rodada. Chapecoense e Raposa, nesta ordem, eram os primeiros times fora do Z-4 e se enfrentariam no Independência. Quem perdesse correria o risco de ficar entre os quatro últimos do Brasileirão.

A Raposa pressionou muito no primeiro tempo, mas não conseguiu abrir o placar. Assim como no início da segunda etapa, até Rildo aproveitar rebote de chute de Elicarlos e abrir o placar para os catarinenses. Thiago Neves chegou a empatar na sequência com um golaço de fora da área, mas a Chape voltou a ficar à frente após jogada da direita terminar em gol de cabeça de Diego Torres.

Três rodadas depois, na 9ª, foi a vez do Fortaleza roubar pontos da Raposa. No Castelão, os donos da casa, que naquela altura integravam o Z-4 na 17ª colocação, abriram o placar no primeiro minuto do jogo, com André Luís. Sassá empatou pouco tempo depois, e no último lance da etapa inicial o atacante do Tricolor foi às redes mais uma vez e decretou outro revés cruzeirense no Brasileirão.

Muitos empates

Outro motivo que deixa o Cruzeiro em situação complicada nesta reta final do Campeonato Brasileiro é o excessivo número de empates em jogos-chave da competição. Nada menos do que sete em 10 disputados. Apenas contra o Avaí foram dois e em ambos o time catarinense ocupava a lanterna do Brasileirão.

Além desses dois, igualdade no placar também contra CSA, adversário desta rodada, Chapecoense, Ceará e Fluminense. Abaixo, confira os resultados do Cruzeiro contra times que brigam ou brigavam para fugir do Z-4:

Rodada 6 – (15º) Cruzeiro 1 x 2 Chapecoense (14º)

Rodada 9 – (17º) Fortaleza 2 x 1 Cruzeiro (14º)

Rodada 14 – (20º) Avaí 2 x 2 Cruzeiro (18º)

Rodada 16 – (19º) CSA 1 x 1 Cruzeiro (16º)

Rodada 21 – (14º) Ceará 0 x 0 Cruzeiro (18º)

Rodada 24 – (18º) Cruzeiro 0 x 0 Fluminense (15º)

Rodada 25 – (20º) Chapecoense 1 x 1 Cruzeiro (18º)

Rodada 28 – (17º) Cruzeiro 1 x 1 Fortaleza (14º)

Rodada 29 – (13º) Botafogo 0 x 2 Cruzeiro (17º)

Rodada 33 – (16º) Cruzeiro 0 x 0 Avaí (20º)

Por que apostar no Cruzeiro?

O Cruzeiro joga em casa, local onde conquistou mais da metade das vitórias da temporada. É também onde não perde há sete jogos, apesar de ter vencido apenas um e empatado outros seis neste período. No entanto, a Raposa mostra que, ao menos nos últimos tempos, dá trabalho quando está em seus domínios.

E o adversário da vez não está oferecendo muita resistência aos adversários ultimamente. Nos últimos cinco jogos que fez, o CSA perdeu e se vê cada vez mais perto de retornar à Série B em 2020.

Por isso, uma vitória da Raposa está com odds em 1.31 no Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul.

Por que apostar no CSA?

Com rebaixamento muito próximo, o CSA joga o tudo ou nada nas últimas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro, e começa a sua caminhada rumo a permanência contra o Cruzeiro, adversário que tem dificuldades de ganhar confrontos diretos na competição.

Para os alagoanos, o que fica de exemplo positivo é o triunfo contra o Fluminense, fora de casa, em uma situação similar à situação em que CSA e Cruzeiro se encontram atualmente.

Os visitantes estão longe de serem favoritos no jogo, um triunfo do CSA em pleno Mineirão pode dar alto lucro de 9.50 ao apostador que acreditar em vitória do time de Alagoas. Caso mais um empate aconteça, a aposta pode multiplicar 4.42 vezes.

Aposte no Betsul

A reta final do Brasileirão está agitada, com brigas nas partes de cima e baixo da tabela. É o momento de lucrar com os jogos decisivos da competição e o Betsul pode te ajudar! Faça o seu cadastro no site, aproveite o bônus de até R$ 120,00 do primeiro depósito e comece a dar os seus palpites para esse e outros campeonatos no Brasil e no mundo.

Fonte: Betsul

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *