Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Dilson Godinho aguarda liberação de recursos para concluir obras de ampliação

Montes Claros – Dilson Godinho aguarda liberação de recursos para concluir obras de ampliação

Montes Claros – Dilson Godinho aguarda liberação de recursos para concluir obras de ampliação

Montes Claros – Representantes da Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho participaram de audiência na Secretaria de Estado da Saúde, em Belo Horizonte, quando solicitaram a liberação de recursos de convênios já assinados com o Governo do Estado e agilização em decisões burocráticas, visando a continuidade de obras para ampliar e melhorar os atendimentos aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) de Montes Claros e do Norte de Minas. Participaram da reunião o diretor administrativo da Fundação, Éder Tadeu Pinheiro Brandão; o deputado estadual Arlen Santiago; o secretário-adjunto de Estado  de Saúde, Luiz Marcelo Cabral Tavares; o subsecretário de Inovação e Logística em Saúde, Bruno Carlos da Silva Porto; a superintendente de Planejamento e Finanças da SES-MG, Lidiane Silva; e técnicos do Dilson Godinho.

Montes Claros - Dilson Godinho aguarda liberação de recursos para concluir obras de ampliação
Montes Claros – Dilson Godinho aguarda liberação de recursos para concluir obras de ampliação

 

Durante a reunião foram apresentados pedidos de liberação de recursos e agilização de procedimentos burocráticos para conclusão de obras de grande importância para ampliação das instalações do Hospital Dilson Godinho, com benefícios para todo o sistema de saúde das regiões Norte, Noroeste e Nordeste de Minas, além dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Atualmente, duas grandes obras estão em andamento na instituição, visando a ampliação das unidades de internação para pacientes do SUS em mais 36 leitos e novas instalações para os atendimentos da Urgência e Emergência. O Dilson Godinho disponibiliza mais de 75% dos seus leitos para internação de pacientes do SUS.

Através de convênio firmado com o Governo do Estado, foi iniciada a construção de mais uma unidade de internação que possibilitará a instalação de mais 36 leitos para pacientes do SUS. Por questões de ordem técnica, a obra sofreu algumas paralisações e houve atraso no cronograma. Entretanto, a previsão é de que até o mês de abril, os novos leitos já estejam prontos para receber mais pacientes. Parte do mobiliário e equipamentos necessários para a ativação dos leitos está sendo adquirida com recursos próprios e de emendas parlamentares.

Em outra ala da Fundação, também estão em andamento as obras de reforma e ampliação para abrigar as instalações do serviço de Urgência e Emergência. Os recursos, no valor de R$ 1.600.000,00, foram assegurados através de convênio firmado com o Governo do Estado em 2013, porém só foram liberados até agora R$ 600.000,00. Para o Pronto Socorro também estão sendo adquiridos novos e modernos equipamentos com recursos liberados através de convênio com o Ministério da Saúde, no valor de R$ 1 milhão.

O diretor administrativo da Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho, Éder Tadeu Pinheiro Brandão, ressaltou da importância das duas obras para os pacientes do SUS de Montes Claros e da região, considerando a necessidade de ampliação da oferta de novos leitos. As demandas já foram encaminhadas para os setores técnicos da SES-MG e nos próximos dias deverão ser atendidas, para prejudicar o andamento das obras, conforme determinação do secretário-Adjunto.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *