Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

MG – Quem for preso em Minas vai passar por quarentena para evitar contágio em presídios

MG – Quem for preso em Minas vai passar por quarentena para evitar contágio em presídios

MG – A partir de agora, quem for preso em Minas Gerais vai ser levado para uma unidade específica e mantido em quarentena para prevenir o contágio por Covid-19. A medida foi anunciada nesta segunda-feira (23), pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), que criou 30 unidades de referência que vão funcionar como centros de triagem. O objetivo, segundo a secretaria, é proteger os presos e os profissionais de segurança do sistema prisional.

MG - Quem for preso em Minas vai passar por quarentena para evitar contágio em presídios
MG – Quem for preso em Minas vai passar por quarentena para evitar contágio em presídios

 

Nessas unidades os detentos ficarão por 15 dias, em quarentena e observação, evitando possível contágio em larga escala caso fossem encaminhados de imediato para outras unidades. Passada a quarentena e atestada a saúde dos presos, eles serão levados para outras penitenciárias ou presídios, seguindo o fluxo normal de gestão de vagas do Estado.

Para viabilizar a quarentena, 30 presídios foram esvaziados no último final de semana e os detentos remanejados para outras unidades prisionais de cada região.

A Sejusp explicou que não serão unidades destinadas a detentos doentes ou com sintomas do coronavírus e sim um protocolo de isolamento dentro da unidade prisional com a realização de exames e, em caso de confirmação, tratamento em hospital, com escolta do sistema prisional.

Ao evitar o contato direto dos novos presos com aqueles que já estão sob custódia do Estado, a Sejusp espera evitar a contaminação e propagação do Covid-19 no sistema prisional mineiro. Além disso, visitas já foram suspensas, assim como a entrega de kits com suplementos em alimentação e materiais de higiene, levados por familiares.

Medida polêmica

Também por causa da pandemia, a Justiça de Minas Gerais já havia aceitado um pedido de liminar da Defensoria Pública do estado e determinou que todos os presos por falta de pagamento de pensão alimentícia sejam colocados em prisão domiciliar por 30 dias. A medida é preventiva para diminuir a população carcerária e, assim, diminuir o risco de contaminação pelo novo coronavírus.

A defensoria alegou que a conhecida superlotação das unidades prisionais e a situação precária de higiene encontrada nos prédios elevam o risco de contaminação de todos os detidos. Ainda segundo a defensoria, como a prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia é feita por poucos dias, nestes tempos de pandemia servirá.“para que os devedores de alimentos contraiam o Covid-19 e explodam os índices de contágio em Minas, causando um colapso na rede de saúde”.

Veja as 30 unidades definidas como porta de entrada para evitar a propagação do coronavírus:

Presídio de Matozinhos (masculino)
Presídio de Matias Barbosa (masculino)
Presídio de Eugenópolis (feminino)
Presídio de Sacramento (misto)
Presídio de Nepomuceno (masculino)
Presídio de Bom Sucesso (feminino)
Presídio de Bom Despacho (masculino)
Presídio de Dores do Indaiá (feminino)
Presídio de Tarumirim (masculino)
Presídio de Conselheiro Pena (feminino)
Presídio de Tupaciguara (masculino)
Presídio de Ituiutaba (feminino)
Presídio Sebastião Sátiro – Patos de Minas (masculino)
Complexo Penitenciário N. Senhora do Carmo – Carmo do Paranaíba (feminino)
Presídio de Bocaiuva (masculino)
Presídio de Itacarambi (feminino)
Ceresp de Ipatinga (misto)
Presídio de Resende Costa (masculino)
Presídio de Andrelândia (feminino)
Presídio de Corinto (masculino)
Presídio de Diamantina (feminino)
Presídio de Carlos Chagas (masculino)
Presídio de Teófilo Otoni (feminino)
Presídio de Unaí (misto)
Presídio de Santa Rita do Sapucaí (masculino)
Presídio de Caxambu (feminino)
Presídio de Botelhos (masculino)
Presídio de Guaranésia/Guaxupé (feminino)
Ceresp Gameleira – Belo Horizonte (masculino)
Complexo Penitenciário Estevão Pinto – Belo Horizonte (feminino)

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *