Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Mulher é enterrada viva por vizinhos bêbados na Ucrânia

Mulher é enterrada viva por vizinhos bêbados na Ucrânia

Uma mulher foi enterrada viva no vilarejo de Maryanske, na Ucrânia, por vizinhos bêbados. Para conseguir se libertar, ela teve que cavar a terra com as mãos.

Mulher é enterrada viva por vizinhos bêbados na Ucrânia
Mulher é enterrada viva por vizinhos bêbados na Ucrânia

Dois irmãos embriagados, de 27 e 30 anos, entraram na casa de Nina Rudchenko, de 57 anos, e a acertaram com um bastão de beisebol. A mulher foi torturada até desmaiar.

Os homens levaram Nina inconsciente até um cemitério. Assim que acordou, eles a obrigaram a cavar a própria cova ao lado de túmulos e a se deitar no buraco.  “Eles começaram a jogar terra em cima de mim. Cobri o rosto com as mãos para guardar um pouco de ar”, explicou Nina ao “Daily Mirror”.

“Quando acabaram de jogar a terra, acharam que eu estivesse morta e foram embora”, acrescentou.

A mulher, desesperada, começou a cavar a terra com as mãos até sair da cova. Ela foi caminhando para a casa e acabou desmaiando novamente. Nina foi encontrada pela irmã, que acionou a polícia. Os irmãos foram presos e indiciados por tentativa de homicídio.

A ucraniana teve concussão cerebral e sofreu fraturas no maxilar e no nariz.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *