Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Norte de Minas – Complexo Solar de Pirapora doa cerca de R$ 3 milhões para o combate à COVID-19

Norte de Minas – Complexo Solar de Pirapora doa cerca de R$ 3 milhões para o combate à COVID-19

Norte de Minas – Mais de R$ 3 milhões doados pelas Usinas Fotovoltaicas Pirapora (MG), empreendimento controlado pela EDF Renewables e Omega Geração, foram revertidos na distribuição de mais de 20 mil kits de higiene e cestas básicas durante os meses de junho e julho. Mais de 10 mil famílias, cerca de 50 mil pessoas, em situação de vulnerabilidade foram impactadas pela ação realizada em parceria com o UNICEF por meio da linha de Investimentos Sociais de Empresas (ISE) do BNDES.

Norte de Minas - Complexo Solar de Pirapora doa cerca de R$ 3 milhões para o combate à COVID-19
Norte de Minas – Complexo Solar de Pirapora doa cerca de R$ 3 milhões para o combate à COVID-19 Jornal Montes Claros | Jornal Montes Claros

 

Os recursos doados pelo complexo solar foram direcionados para Belém (PA), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP), e entregues a famílias vulneráveis nessas regiões. Com o aporte financeiro das Usinas Fotovoltaicas Pirapora somado ao de outros parceiros, foi possível dobrar a quantidade de kits inicialmente planejada no projeto.

“Estamos satisfeitos com a parceria e gratos pela oportunidade de ajudar quem mais precisa, sobretudo neste momento tão delicado.”, declarou o CEO da EDF Renewables no Brasil, Paulo Abranches.

Cada um dos kits continha suprimentos fundamentais de higiene para auxiliar no combate à COVID-19 – sabonete, detergente líquido, álcool em gel e água sanitária – e cestas básicas. Como parte da conscientização sobre os cuidados necessários na pandemia, também foram distribuídos folhetos com informações preventivas.

Em cada cidade, o UNICEF foi responsável pela compra dos itens de higiene e cestas básicas, e também cuidou da distribuição dos kits para as famílias nas comunidades, realizada por parceiros e organizações locais em cada município.

Sobre o UNICEF

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do planeta, para alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Em 190 países e territórios, o UNICEF trabalha para cada criança, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos.

Sobre o BNDES

O BNDES é o principal instrumento do Governo Federal para financiamento de longo prazo aos diversos segmentos da economia brasileira. Também estrutura projetos de desestatização (PPPs, concessões e privatizações) para atrair investimentos que melhorem a infraestrutura do País. Seus apoios são condicionados à geração de externalidades, isto é, impactos socioambiental e econômico para o Brasil.

Sobre EDF Renewables do Brasil

A EDF Renewables é uma empresa internacional líder em energias renováveis, com capacidade instalada bruta de 12,6 GW em todo o mundo. Seu desenvolvimento é focado principalmente em energia eólica e solar fotovoltaica. A EDF Renewables opera principalmente na Europa e na América do Norte, mas continua crescendo ao se mudar para regiões emergentes promissoras, como Brasil, China, Índia, África do Sul e Oriente Médio. A empresa tem posições fortes em energia eólica offshore, mas também em outras áreas da indústria de energias renováveis, como energia distribuída e armazenamento de energia. A EDF Renewables desenvolve, constrói, opera e mantém projetos de energias renováveis, tanto para si como para terceiros. A maioria de suas subsidiárias internacionais tem a marca EDF Renewables. A EDF Renewables é a subsidiária do Grupo EDF especializada no desenvolvimento de energia solar e eólica. No Brasil desde 2015, a EDF Renewables Brasil encontra-se entre as líderes do país no setor de energia renovável, totalizando mais de 1GW em projetos instalados ou em construção de energia solar e eólica em Minas Gerais e na Bahia.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.