Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

MG – Estado de Minas Gerais pede adesão do público-alvo nas campanhas de vacinação, mesmo durante a pandemia

MG – Estado de Minas Gerais pede adesão do público-alvo nas campanhas de vacinação, mesmo durante a pandemia

MG – O governo de Minas pediu nesta sexta-feira (25) que a população participe das campanhas de vacinação, que deverão ser iniciadas no próximo dia 5 de outubro no Estado, mesmo durante a pandemia. 

MG - Estado de Minas Gerais pede adesão do público-alvo nas campanhas de vacinação, mesmo durante a pandemia
MG – Estado de Minas Gerais pede adesão do público-alvo nas campanhas de vacinação, mesmo durante a pandemia Foto: Fabio Marçal

 

“A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) segue o calendário do Ministério da Saúde para realização dessas campanhas de vacinação e a previsão é que já no próximo 5 de outubro comece a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para atualização da caderneta da criança e adolescente”, disse o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral.

Segundo o gestor, o público-alvo para a caderneta é de crianças e adolescentes de 0 a 14 anos. Segundo ele, não é obrigatório, mas é muito importante que os cidadãos levem o documento de identidade e o cartão de vacina.

De acordo com Cabral, mesmo em momento de pandemia, as unidades de saúde não interromperam o trabalho nas salas de vacinação. As pessoas devem procurar o centro de saúde mais próximo à residência, pois as equipes desses espaços estão orientadas sobre o cuidado com o distanciamento e o uso de máscaras.

O gestor ainda citou o lançamento da campanha Vacina Mais Minas Gerais, que tem o intuito de alertar a população sobre os benefícios da vacina e também sobre os riscos a que todos ficam expostos quando a medida profilática é ignorada.

“A intenção é informar e chamar a atenção dos mineiros sobre a necessidade de ampliação da cobertura vacinal para toda população. Graças à vacinação em massa, doenças como poliomielite, rubéola, tétano e coqueluche deixaram de ser um problema de saúde pública no Brasil. A campanha também desmistifica fake news sobre a vacinação”, informou a SES-MG.

Cabral convidou a população para conhecer a campanha pelo do site da secretaria.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.