Últimas Notícias

E-commerce: como ter as melhores estratégias de lançamento?

Conheça algumas das melhores estratégias de lançamento para o seu e-commerce.

E-commerce: como ter as melhores estratégias de lançamento?

Atualmente, abrir um e-commerce tem sido uma alternativa para muitas pessoas, já que esse modelo de empreendimento oferece muitas vantagens e envolve uma menor burocracia em comparação a uma loja física.

No entanto, quando tudo estiver preparado, é preciso fazer o lançamento, pois de nada adianta montar uma bela loja com excelentes produtos se os consumidores não souberem que ela existe. E, para isso, o primeiro passo é fazer uma pesquisa de mercado sobre seu nicho.

Neste primeiro momento, você precisa pensar em boas estratégias de divulgação. E, embora as ações de marketing de conteúdo sejam excelentes, é necessário escolher a estratégia correta, pois há algumas que trazem resultados a médio ou longo prazo e o objetivo do lançamento é ter um retorno imediato.

4 melhores estratégias de lançamento para o seu e-commerce

As ações de marketing de conteúdo são essenciais para seu e-commerce. Entretanto, especificamente no lançamento da sua loja, as melhores estratégias para atrair clientes, são:

1. Assegure-se que o site está adequado

A velha frase “a primeira impressão é a que fica”, deve ser levada muito a sério nesse momento.

Iniciar um novo empreendimento cometendo erros, com uma concorrência gigantesca, poderá trazer consequências negativas. Sendo assim, de antemão, tenha certeza de que seu site está preparado para receber todos os usuários.

Nesse sentido, as dicas são aquelas essenciais para oferecer uma experiência positiva de compra: ter uma boa plataforma, que ofereça um rápido carregamento das páginas e imagens.

Também é preciso observar com cuidado na organização do menu, tanto na forma de pagamento quanto na descrição dos produtos, na facilidade para o uso mobile e na segurança do site.

Se porventura você perceber algum tipo de falha, o melhor caminho a ser seguido é adiar o lançamento da loja virtual para consertar os erros.

2. Tenha sua página nas redes sociais

Após conferir todos os detalhes do site, a próxima etapa é a divulgação. Um dos passos principais consiste em criar páginas nas redes sociais para a marca. O Instagram e o Facebook costumam ser as redes mais escolhidas por serem mais acessadas.

Entretanto, você deve definir a rede em que divulgará sua loja de acordo com o público alvo e os produtos oferecidos.

3. Instale o Google Analytics

Essa ótima ferramenta do Google oferece diversas vantagens para comerciantes, permitindo uma análise de todos os canais de entrada do site (redes sociais, tráfego orgânico, Google Ads, etc). 

Mediante um relatório de métricas, a ferramenta mostra quais fontes tiveram um resultado melhor e quais necessitam de aprimoramentos. Ela também libera a configuração de metas, tornando ainda mais prático o controle dos resultados, incluindo a estimativa das taxas de conversão.

Ademais, no e-commerce, o Google Analytics proporciona a visualização de relatórios que mostram receita, número de vendas, entre outras informações. Todo esse feedback é fundamental para você estar sempre implementando melhorias em seu site.

4. Invista em links patrocinados

Conquistar clientes por tráfego orgânico, utilizando as técnicas de SEO, é uma prática excepcional e não deve nunca ser ignorada.

Entretanto, especialmente quando uma marca ainda não é conhecida, é importante adotar em conjunto outras táticas que possam atrair o público de alguma forma mais rápida. Links patrocinados são uma delas.

Esses links podem ser colocados tanto nas redes sociais quanto nos resultados do Google. Na primeira opção, eles aparecem em forma de anúncios, enquanto o usuário navega no Instagram ou Facebook.

Já na segunda opção, o link do site permanece nos primeiros resultados da pesquisa quando o cliente digitar uma palavra-chave definida por você.

Embora haja a necessidade de investir uma quantia financeira, há muitas vantagens. Uma das principais é tornar a loja mais conhecida e ter um retorno mais rápido de conversão. Aliás, é possível iniciar uma campanha sem a necessidade de muitos recursos e, gradualmente, aumentar o investimento financeiro.

Outro benefício bastante vantajoso é que os anúncios são feitos por segmentação, sendo assim, eles só aparecem para aquele público que você pretende alcançar nas redes sociais.