Últimas Notícias

4 dicas de como armazenar o seu sapato de couro

Os sapatos de couro têm alta durabilidade se forem cuidados da maneira correta.

Existem coisas que nunca saem de moda: calça de alfaiataria, blusa de cetim, o vestido pretinho básico e, claro, os sapatos e botas de couro. Quem nunca quis uma bota de couro para chamar de sua?

4 dicas de como armazenar o seu sapato de couro

Os sapatos feitos com este material tendem a durar bastante, desde que nos atentamos à necessidade de conservação do couro. Ao contrário de outros materiais menos nobres, o couro precisa ser cuidado e guardado em lugar específico, seguro, preparado para ele. De outro modo, a vida útil da peça cairá significativamente.

Se você não sabe como conservar as suas peças de couro, não se preocupe. A seguir, falaremos um pouco mais sobre o assunto e daremos dicas de ouro para preservar os seus calçados preferidos. Confira!

4 maneiras de cuidar e aumentar a durabilidade

A primeira dica é: jamais deixe o seu sapato no sol. Altas temperaturas podem fazer com o que o couro fique endurecido, distorcendo e estragando o material antes do tempo. Além disso, também pode haver descolamento da sola.

O ideal é que o seu calçado de couro fique guardado em um ambiente protegido do calor, especialmente se você mora em áreas muito quentes, mas que não seja privado de ventilação. Ambientes completamente fechados, um pouco úmidos e sem vento podem gerar outro problema: mofo.

Ao encontrar o espaço adequado para o seu calçado, não simplesmente “coloque-o” ali. Lembre-se de encher o seu interior com papel amassado ou similares, para que ele não perca a forma original. Desta maneira, ele ficará como novo por muito mais tempo.

Outras dicas importantes para conservar e armazenar calçados de couro incluem:

Higienize o sapato a cada utilização

Chegou da rua? Em época de pandemia, deixar os sapatos na área externa já virou rotina. Com os sapatos de couro, a regra se aplica sempre: não guarde as suas peças antes de higienizá-las.

Para fazer uma boa limpeza, você não deve submergi-los na água. Nunca mesmo. Isso inclui, obviamente, jamais colocá-lo para lavar junto dos demais sapatos que podem ir à máquina de lavar.

Para uma bela higienização, siga os passos a seguir:

  • Retire o excesso da sujeira do sapato com uma escova de cerdas bem macias ou com uma flanela limpa. Caso não tenha nenhum dos dois, pode utilizar também uma escova de dentes antiga;
  • feita essa etapa, limpe delicadamente o exterior do calçado com um pano limpo, levemente molhado com água morna e detergente para roupas;
  • faça a secagem cuidadosamente e então engraxe o sapato com creme específico para conservação de couro;
  • por fim, deixe secar à sombra. Não coloque os sapatos no varal ou exponha-os diretamente à luz do sol.

Alterne o uso

Caso você trabalhe em algum lugar que exija dress code específico e o seu sapato de couro seja necessário cotidianamente, cogite adquirir pelo menos um par a mais. Isso tem motivo: o suor, o calor e a utilização diária, em superfícies irregulares e quentes, fazem com que o couro tenha vida mais curta.

Quando você alterna o uso dos calçados, você permite que um dos pares “respire” enquanto o outro é utilizado. Desta forma, além de ter sapatos diferentes — o que certamente pode compor no visual, ainda que a sua profissão exija uma roupa discreta —, você não precisará gastar com novos pares tão cedo.

Não se esqueça do polimento mensal

Em outros tempos, víamos muito mais engraxates pela rua. Hoje, isso não é uma prática tão comum, embora você ainda encontre alguns trabalhadores espalhados pelas grandes cidades.

O polimento é um dos aliados da durabilidade e da beleza do couro. Mensalmente, aplique um creme de limpeza com polidor em seus calçados. Desta forma, sempre que você higienizá-los, bastará fazer o polimento com um pedaço de flanela para tê-los brilhando.