Últimas Notícias

MG – Minas Gerais bate recorde de contaminações por Covid-19 em 24h

MG – Minas Gerais bate recorde de contaminações por Covid-19 em 24h

MG – Minas Gerais registrou o maior número de casos de Covid-19 desde o início da pandemia, em março deste ano. Em 24 horas, o Estado confirmou 6.519 infectados pela doença, chegando a 510.219 testes positivos para o novo coronavírus. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (23) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

MG - Minas Gerais bate recorde de contaminações por Covid-19 em 24h
MG – Minas Gerais bate recorde de contaminações por Covid-19 em 24h

 

Conforme o levantamento, no mesmo período, 97 pessoas perderam a vida por complicações do vírus. Ao todo, 11.355 pacientes perderam a vida para a doença. Dos 873 municípios mineiros, 699 confirmaram ao menos um óbito pela Covid.

O último recorde negativo de infecções havia sido em 11 de dezembro, quando 6.173 pessoas foram atestadas com a enfermidade no período de um dia. Naquela época, o Estado havia registrado 459.537 casos.

De acordo com a SES, 460.243 mineiros já se recuperaram do novo coronavírus. Outros 38.621 pacientes seguem em acompanhamento médico.

Interior

A Covid-19 avança pelo interior de Minas. A cada dez pacientes testados positivos, sete são moradores de municípios mais distantes da capital. O cenário é o oposto do que se viu nos primeiros meses da pandemia, quando 70% dos casos estavam concentrados na região Central.

Os dados servem como um sinal de alerta. Com as festas de fim de ano, especialistas temem que as viagens para visitar familiares em outras localidades potencializem o risco de infecção e a circulação do novo coronavírus em todo o território mineiro

Ocupação de UTIs cresce em BH

A ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI)  reservados a pacientes com Covid em Belo Horizonte continua subindo e está em um patamar alarmante, de acordo com dados apresentados no boletim epidemiológico da prefeitura. A taxa de ocupação chegou a 76,5%, enquanto no dia anterior era 70,1%.