Últimas Notícias

Montes Claros – Setor de bares e restaurantes busca apoio do legislativo municipal

Montes Claros – Setor de bares e restaurantes busca apoio do legislativo municipal

Montes Claros – A Câmara Municipal de Montes Claros recebeu, nesta quarta-feira (24/02), o presidente da Associação Brasileira de Bares, Restaurantes e Similares (Abrasel-Norte de Minas), Rodrigo de Paula, que apresentou as demandas do setor com relação às medidas editadas pelo Decreto nº 4.176, de 23 de fevereiro de 2021, do Executivo Municipal, que institui medidas extraordinárias de prevenção e enfrentamento da covid-19 no município.

Montes Claros - Setor de bares e restaurantes busca apoio do legislativo municipal
Montes Claros – Setor de bares e restaurantes busca apoio do legislativo municipal Foto: Ascom Câmara Municipal de Montes Claros

 

Participaram da reunião o presidente da Câmara, vereador Cláudio Rodrigues de Jesus (Cidadania), e os vereadores Gildeon Durães (PSL), Maria Helena Lopes (MDB) e Wilton Dias (PTB).

De acordo com Rodrigo de Paula, com as medidas restritivas do decreto os empreendedores do setor não conseguem manter as atividades, nem os empregos dos trabalhadores. “Além da demissão em massa, também serão canceladas as compras com fornecedores de bebidas e insumos, até momento em que os negócios possam se restabelecer, o que certamente irá impactar na economia do município”, pontua.

Outra dificuldade apontada pelo setor é a falta de previsibilidade das medidas restritivas. “A imediata implementação do decreto coloca em risco todo o material perecível em estoque”, completa.

O presidente Cláudio Rodrigues explica que o momento é crítico e exige decisões difíceis por parte dos gestores públicos, mas que está sensível à manifestação do setor. “A pandemia é um desafio mundial que está roubando vidas e os meios de subsistência, e, infelizmente, a gravidade sanitária e os impactos sociais e econômicos da covid-19 podem causar efeitos terríveis. Entendemos a demanda apresentada pelo setor de bares e restaurantes, que é fonte de emprego e renda para tantas famílias e tão importante para a economia do município, e vamos levar essas reivindicações para análise do prefeito Humberto Souto”, ressalta.

Entre as demandas apresentadas pela Abrasel, foram priorizadas o funcionamento do serviço de entrega (delivery), sem restrição de horários, e maior previsibilidade e antecedência com relação à vigência dos decretos.

As demandas já foram encaminhadas pela Câmara ao Executivo Municipal, por meio do Procurador do Município, Dr. Otávio Batista Rocha Machado. “Na oportunidade, também solicitamos a inclusão da representação da Câmara no comitê de enfrentamento da pandemia de covid-19, de forma que o Legislativo municipal, como representante do cidadão, possa contribuir nesse trabalho de enfrentamento e busca de soluções”, completa a vereadora Maria Helena.