Últimas Notícias

O que levar em consideração ao escolher o Canadá como destino de viagem

Se você está planejando a sua próxima viagem e o Canadá surgiu na sua lista de países a se visitar, não pense duas vezes ao escolher o país gelado para conhecer e passar as suas próximas férias. Não é à toa que o Canadá tem se tornado um destino muito visado pelos brasileiros, apesar de um dos motivos principais ser a cotação mais baixa do dólar canadense do que o dólar americano, o país é mais do que repleto de belas paisagens e destinos interessantes para toda a sua família se divertir à beça. O país ao extremo norte das Américas já é muito cotado não só pelos mochileiros e viajantes de plantão, como também por quem busca por um intercâmbio, já que o Canadá oferece opções interessantes de cursos e faculdades para estrangeiros.

Ao decidir conhecer o gigante país que se estende até o Círculo Polar Ártico, é necessário ter algumas considerações importantes em mente antes de comprar a sua passagem ou um pacote de viagem para as suas próximas férias. O primeiro fator importante é verificar a questão do visto, apesar de ser relativamente menos burocrático de se conseguir do que o visto para o seu país vizinho norte americano, o brasileiro ainda necessita de visto para conhecer o país, que precisa ser solicitado junto a embaixada em um prazo de seis semanas antes da sua viagem. O visto de turista por exemplo, custa em torno de 100 dólares e tem a duração de seis meses, você ainda conta com um manual no site do governo canadense que explica os documentos necessários e mais.

Caso você já tenha um visto dos EUA ativo ou já tenha obtido um visto canadense nos últimos dez anos, é possível realizar uma Autorização Eletrônica de Viagem, o chamado ETA, que pode ser retirado online e custa em torno de 8 dólares. Essa modalidade surgiu para facilitar a entrada de estrangeiros que já tenham estado no país ou que estejam nos EUA que desejam entrar no país por via aérea. Se você quer conhecer mais sobre o ETA, acesse o https://eta-canadavisa.com.br/ para descobrir como solicitar o seu.

Além do visto, se você viajará do Brasil para o Canadá, é bom se preparar para passar pela imigração canadense, que irá fazer algumas perguntas essenciais como sobre o porquê você veio visitar o país, onde você irá ficar ou se você já esteve no Canadá. Muita gente fica nervoso ao arranhar o inglês na hora das perguntas, então se esse for o seu caso, vale a pena treinar em casa.

Outro fator a se levar em consideração é a época do ano de sua viagem. No hemisfério norte as estações são mais definidas do que em solo brasileiro, isso significa que os invernos no Canadá são rigorosos e alcançam temperaturas de – 30ºC graus, nada habitual a temperatura tropical a qual estamos acostumados. O verão vai de junho a setembro, o que significa alta temporada e preços de pacotes de viagens mais caros por se tratar de um período de férias letivas no país. Mas se você pretende realizar atividades ao ar livre e conhecer os pontos turísticos mais badalados, os meses de maio a setembro pode ser os melhores para dar aquela boa e velha turistada de leste a oeste.

Não se deixe enganar, o Canadá possui diversos pontos turísticos e cidades incríveis a serem visitadas, então tome cuidado com o seu planejamento de destinos que pretende conhecer durante a sua viagem, pode não ser o bastante para visitar tudo que você pretende e apreciar ao máximo as belezas da terra gelada. O país é o segundo maior no mundo em território, só perdendo o pódio para a gigante Rússia. É de se imaginar que um país tão grande tenha tanto a nos mostrar, então reserve alguns dias para cada destino e tenha calma ao apreciar os pontos turísticos locais.