Últimas Notícias

Como operar o S&P 500?

Shutterstock

 

O S&P 500 é provavelmente o índice mais famoso e mais operado no mundo financeiro. O que é isso? Vamos a um breve resumo.

O que é?

O S&P é um índice do mercado de ações. Ele mostra como anda o mercado de ações americano, de forma geral. É importante observar que existem vários indicadores S&P que se diferem de acordo com setor e número de ações inclusas. O índice ao qual nos referimos neste texto é precisamente o S&P 500, que traz as 500 maiores empresas listadas na bolsa americana.

O que ele tem de interessante?

Muitos traders tendem a acreditar que o S&P reflete as tendências do mercado de ações global. Apenas parcialmente — tal reflexão se limita à proporção na qual as maiores empresas americanas influenciam o cenário financeiro global. Há outras bolsas de valores e outros índices — com os asiáticos e os europeus — que podem ser bem diferentes dos americanos em termos de comportamento e tendências.

Onde encontrá-lo?

No MetaTrader (MT4/MT5), acesse os Futuros de CFD (CFD Futures) e escolha o SP 500.

No FBS Trader, acesse a seção de Índices e encontre o US500.

 

Como operá-lo?

O S&P 500 é o índice mais fácil de operar porque você sempre estará por dentro de seus movimentos. Bloomberg, CNN, Reuters e todos os outros canais e sites de alcance global sempre terão o S&P 500 em suas manchetes, já que ele é a principal referência quando se fala em cenário empresarial e de negócios nos EUA.

Uma dica prática para operar o S&P 500 é verificar o humor do mercado antes da abertura da sessão americana. Os futuros americanos podem ser um bom indicador para isso. Exemplo: se você abre um canal de notícias e este afirma que os futuros americanos estão mirando o lado de cima, é provável — mas não garantido — que o S&P 500 vai se deslocar para cima quando o mercado abrir. De modo análogo, quando os futuros americanos apontam para baixo, isso pode ser um indício de que a iminente sessão no mercado vai ser desanimadora e baixista (bearish), assim como o S&P.