Últimas Notícias

Norte de Minas – Cantora norte-mineira cria podcast e lança música durante a pandemia

Norte de Minas – Cantora norte-mineira cria podcast e lança música durante a pandemia

Norte de Minas – Barbara Lopes também promoveu e participou de lives solidárias, para auxiliar outros artistas a superarem o momento difícil.

Barbara Lopes
Barbara Lopes Divulgação

 

Um dos setores da economia mais impactado pela pandemia foi a indústria musical.  Tanto os cantores conhecidos nacionalmente quanto músicos regionais foram afetados pela proibição dos eventos presenciais, medida adotada para combater a propagação do novo coronavírus.

Muitos desses artistas, contudo, usaram a criatividade para superar a crise, como a cantora Bárbara Lopesmoradora de Montes Claros, no Norte de Minas.  Um estudo do Sebrae mostra que mais de 60% dos empreendedores da economia criativa buscaram no ambiente digital formas de se reinventar. O uso das redes sociais foi a principal alternativa encontrada por eles para vender seus produtos e serviços.

Formada em publicidade e propaganda, Bárbara começou a cantar aos 13 anos. Apaixonada pelos palcos, Bárbara diz que sempre atraía grandes públicos em festas regionais e micaretas no Norte de Minas e no Sul da Bahia, com seu estilo eclético, que vai do axé ao sertanejo pop. Aos 30, no entanto, a cantora norte-mineira teve que interromper a rotina de shows.

Quando chegou a pandemia, ela tinha várias apresentações programadas, que acabaram sendo canceladas. “Foi um baque muito grande, porque fiz vários shows durante o Carnaval e tinha outros marcados, mas de repente tive que cancelar tudo”, revela.

A artista conta que, com a interrupção da agenda de shows, precisou buscar fontes alternativas de renda e passou a divulgar empresas em suas páginas nas redes sociais. “Foi uma fase muito difícil. Não passei necessidades porque recebi apoio financeiro da minha mãe e do meu marido.”

Despertar

Se por um lado o coronavírus interrompeu os shows, por outro contribuiu para Bárbara colocar em prática novos projetos. Um deles é o podcast PODfalar, em que a cantora recebe personalidades de diversos setores para um bate papo.

“Há algum tempo eu queria fazer esse podcast, mas não dava para produzir da forma que pretendia – um espaço para trocar ideias com os convidados e dar a eles a oportunidade de divulgar seus projetos. Ainda não estou monetizando, mas espero em breve obter retorno financeiro”, afirma. O podcast também é divulgado no canal do YouTube da cantora, que conta com mais de 2 mil inscritos. 

Além disso, sensibilizada diante da situação vivida por colegas de profissão e outros artistas também afetados pela pandemia, Bárbara tem participado de várias lives para arrecadação de recursos. “Nessas horas de dificuldades, precisamos nos unir e ajudar uns aos outros. Organizei lives e participei de eventos em que doamos todos os recursos não só para pessoas da classe musical. Em uma live, por exemplo, arrecadamos cestas básicas que foram doadas para pessoas carentes da região”, lembra.

E mesmo longe dos palcos, Bárbara Lopes não interrompeu o seu trabalho musical e lançou nas plataformas digitais a música “Ponto de Aluguel”.  O single já supera mais de 11 mil visualizações no YouTube e tem repercutido muito nas rádios da região.

A artista diz não ter dúvida de que sua visão como empreendedora a ajudou a superar o momento difícil. Ela se formalizou como Microempreendedora Individual (MEI) e, atualmente, é registrada como microempresária.

No link da Agencia Sebrae de Noticias contém dados e números do impacto da pandemia criativa.