Últimas Notícias

Brasil é o número um entre os países que mais realizam procedimentos estéticos

Minas Gerais 29/9/2021 –

Segundo balanço, o país alcançou a marca de mais de 1 milhão de cirurgias plásticas e 969 mil procedimentos cosméticos não cirúrgicos; especialista explica a importância de contar com profissionais qualificados na área

O Brasil é o número um entre os países que mais realizam procedimentos estéticos em todo o mundo. A referência faz parte de uma pesquisa divulgada pela ISAPS (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética), realizada em 2018. Ainda segundo o balanço, o país alcançou a marca de mais de 1 milhão de cirurgias plásticas e 969 mil procedimentos estéticos não cirúrgicos.

Dados da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) indicam que mais de 1,5 milhão de procedimentos estéticos são feitos no país todos os anos. Harmonização facial em geral, como  preenchimento labial, rinomodelação, preenchimento de mandíbula, têmporas, malar, olheiras, sulco nasogeniano, estão entre os chamados procedimentos estéticos não cirúrgicos.

Porém, a busca por procedimentos estéticos exige cuidado. Para cada profissional com formação na área e autorizado pela legislação a realizar os procedimentos de harmonização facial, existe o dobro de pessoas atuando irregularmente no país.

Na opinião da Dra. Cláudia Starling – que é PhD em odontologia e responsável por uma clínica que presta serviços relacionados à saúde e estética facial e bucal – a falta de conhecimento na busca por procedimentos estéticos pode representar um problema para o paciente, que corre o risco de “cair nas mãos” de profissionais não qualificados e clínicas clandestinas com o sonho de alcançar a beleza a qualquer custo.

“Todo tratamento estético realizado por um profissional não qualificado pode comprometer a saúde do paciente, mesmo que se trate de procedimentos considerados simples”, esclarece.

Starling explica que os riscos estão associados tanto aos produtos e substâncias usadas como à técnica em si, e também à falta de conhecimento da anatomia de toda a face. Para a doutora, pacientes que procuram realizar procedimentos de harmonização facial, por exemplo, devem ter o cuidado de procurar por um profissional qualificado e buscar referências detalhadas sobre o seu trabalho.

“Como um tratamento que está em alta, é bom ficar atento para não ser enganado por falsas propagandas. Busque saber sobre a formação do profissional e as condições do local onde o procedimento será feito, especialmente no que se refere a higiene e segurança. Outra dica é pesquisar os produtos usados e conferir trabalhos anteriores, para ter uma referência dos resultados em outras pessoas”, adverte.

Para mais informações, basta acessar: https://draclaudiastarling.com.br/

Website: https://draclaudiastarling.com.br/