Últimas Notícias

Pedal de mais de 1.500 km transforma a vida de amigos viajantes

São Paulo/SP 4/10/2021 – A bike nos mostrou que a gente quase não presta atenção no que acontece ao nosso redor. Vivemos um passo à frente da realidade, não aproveitamos o agora.

Esta é uma daquelas histórias que não se vê todos os dias. É sobre dois amigos Felipe Santos e Renan Cabral que largaram tudo para pedalar mais de 1.500 km – numa viagem até o Uruguai. Saíram em busca de respostas existenciais e voltaram com ainda mais dúvidas – além de terem suas vidas mudadas completamente.

Os jovens amigos Felipe e Renan são representantes desta nova geração que é inquieta por natureza e que busca respostas na velocidade de um click – num mundo que ainda não está preparado para dar tais respostas.

A recente alta do combustível e toda a recessão deste cenário pós-pandemia, vem fazendo muita gente questionar o modelo de vida urbana – perder tempo em trânsito, já não faz o menor sentido. Cada vez mais e mais pessoas estão questionando como estão vivendo a vida.

Estafados, os amigos decidiram criar o Projeto WoW. Fizeram o que para muitos poderia soar como uma grande loucura – irresponsabilidade – mas que para a geração Millennials soa como um estilo de vida, algo com propósito – um motivo de inspiração. Os heróis de hoje já não morrem de overdose – isso não significa que esta geração não viva aventuras ou assuma riscos. Todo mundo gosta de uma dose de endorfina, mas os boletos, muita das vezes, deixam a vida num estado de conformismo.

A primeira experiência da dupla foi um projeto na Vila Madalena. A proposta era oferecer um momento de desaceleração através de atividades que equilibram a mente e o corpo – como o Yoga, por exemplo. Por lá, aconteciam também, eventos voltados para a difusão de valores relacionados ao estilo de vida e forma de se alimentar ‘plant-based’.

Mas ainda faltava algo.

Este vazio faz parte do inconsciente coletivo e serviu de base para a construção da Logoterapia, conceito que revolucionou a psicoterapia – desenvolvido pelo neuropsiquiatra austríaco Viktor Frankl. Em sua obra ‘Em Busca De Sentido’ – o médico conta como foi a experiência de viver num campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial – buscando um sentido para continuar vivendo.

De uma “conversa no WhatsApp” surgiu um insight que mudaria a vida destes amigos – uma viagem de bicicleta até o Uruguai. Nascia, assim, o Projeto WoW – a maior experiência de vida já vivida pela dupla. A jornada foi feita numa pegada ‘non scripted’- sem roteiro, no melhor estilo ‘deixa a vida levar’ – o acaso definiu qual seriam as próximas paradas. Eles não sabiam onde iriam dormir, comer, tomar banho e, basicamente, sem pensar no que pudesse acontecer.

“A bike nos mostrou que não prestamos atenção no que acontece ao nosso redor. Negligenciamos muito os detalhes, e a vida só passa por nós. O nosso intuito com o projeto WOW foi nos entregar e viver plenamente o que o universo nos traz, e essa descoberta mudou as nossas vidas”, comenta Renan.

É sobre isso o projeto viver só por hoje. É sobre descobrir um sentido maior para vida. Toda esta experiência, nestes mais de 1.500 km pedalados até o Uruguai, transformou-se num documentário que conta todos detalhes desta inspiradora história. É possível também acompanhar todos os bastidores desta história através do Instagram do Projeto WoW.

“Vivemos numa ansiedade urbana – nunca se sabe o que pode vir a acontecer. Mas, por que vivemos com pressa e medo? Não adianta, a vida vai nos mostrar o que tem que mostrar na hora certa e da maneira que ela encontrar, seja fácil ou difícil. O que a gente quer mostrar é como foi pra gente, e alertar para que todos estejam abertos às experiências para viver plenamente daqui pra frente”, reflete Felipe.

Felipe e Renan se consideram ativistas, que lutam pelo espaço e respeito aos ciclistas. No documentário é possível perceber a perigosa realidade dos ciclistas, pedalando pela BR-116 – também conhecida como “Estrada da Morte”.

“Somos adeptos ao pedal, buscamos o nosso espaço e direito, lutamos pelo respeito a todos que pedalam. Tanto quanto uma experiência de autoconhecimento, viajar de bike nos deu outra perspectiva sobre a forma como nos posicionamos na sociedade”, encerrou o viajante Cabral.

O documentário completo está no Youtube :

https://youtu.be/Lv8QWcdRZbA 

Website: https://www.instagram.com/wowbiketour/