Últimas Notícias

Mitos e verdades sobre o procedimento de peeling

São Paulo 26/11/2021 –

O tratamento com peeling é um procedimento para clareamento de manchas na pele, marcas de acne, oleosidade e rejuvenescimento. A procura pelo tratamento é crescente, mas também existem muitos mitos e verdades acerca do tratamento.

O peeling é um procedimento que visa clarear manchas escuras na pele, marcas de acne, oleosidade e diminuir sinais de rugas. A procura pelo tratamento é crescente, mas também existem muitos mitos e verdades acerca do tratamento.

1. É contraindicado fazer peeling no verão
Mito. De acordo com a médica Kassila Nasser, existe uma variedade de tipos e concentrações de peeling: “Alguns deles com ácido salicílico, indicados para tratamento da oleosidade da pele e acne e podem ser feitos no verão”, esclareceu. É fundamental que não se esqueça da proteção solar com o uso de protetores, pois a exposição após o procedimento pode causar queimaduras e manchas.

2. Peeling só pode ser feito no rosto
Mito. O procedimento também pode ser feito no corpo. “Muitas pacientes com manchas nas costas e colo, por exemplo, podem se beneficiar desse tratamento”, disse a dermatologista. Outro benefício desse tratamento em outras áreas do corpo é o clareamento de manchas na virilha, por exemplo. Ou áreas que demonstram tendência de manchas, como as axilas.

3. O peeling suaviza rugas e clareia manchas na pele
Verdade. Os resultados do peeling aparecem na melhoria da aparência da pele acneica e oleosa. O tratamento também pode ser feito para aliviar rugas, linhas de expressão e as manchas decorrentes do processo de envelhecimento. “Os peelings mais recomendados para este caso são os feitos com ácido glicólico e ácido retinoico, devido à sua função rejuvenescedora e clareadora”, explicou.

4. Peeling não é recomendado para grávidas
Verdade. Esse procedimento dermatológico não é aconselhado durante a gestação. “Não sabemos os riscos que o peeling pode causar neste caso. Por outro lado, as grávidas podem fazer tratamentos antioleosidade ou para clarear manchas com máscaras faciais específicas”, garantiu.

5. Peeling não é recomendado para pele negra
Mito. “Quem tem pele negra pode fazer peeling sim, mas a concentração e o tipo do ácido devem ser avaliados de acordo com tom da pele”, disse. Além disso, é recomendado que o procedimento seja feito com profissional habilitado, pois o procedimento não realizado de forma adequada pode causar manchas, queimaduras e irritação na pele.

6. O peeling traz riscos à pele
Verdade. “Se aplicado de forma errada e com um profissional não qualificado, pode trazer sérias complicações”, atentou. Por isso, o peeling deve ser feito por um dermatologista.

7. Deve-se utilizar protetor solar apenas em áreas externas
Mito. A dermatologista reforça a importância do uso de protetor, mesmo quando estiver em áreas internas. “O uso de filtro solar de alto FPS é indicado a cada 4 horas, diariamente. Após realização do peeling, então, é obrigatório essa recomendação, mesmo em casa, dias nublados e chuvosos”, concluiu.

8. O peeling pode ser realizado através de equipamentos
Verdade. Existe uma grande variedade de aparelhos de estética indicados para peeling, tais como o aparelho de peeling de diamante, de cristal, ultrassônico, dentre outros. Todos esses equipamentos auxiliam o profissional no tratamento e promovem resultados satisfatórios.

Website: http://www.hsmed.com.br