Últimas Notícias

Por que utilizar água filtrada no preparo do café?

São Paulo – SP 8/12/2021 –

Especialista explica que sem o tratamento de água adequado a qualidade da bebida pode ficar comprometida.

O café solúvel, coado ou expresso é um dos alimentos mais consumidos pelos brasileiros, ultrapassando até o arroz e o feijão. O produto é parte da cultura do país, que teve o início da sua fama no Império no século 18 e se estende até os dias atuais. Porém, para ganhar o mercado e se diferenciar da concorrência, a produção da bebida tem se reinventado.

O Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Para não perder esse posto, a atenção com a água utilizada é essencial. Em termos de porcentagem, ela é responsável por cerca de 98% do café, ou seja, um ingrediente que merece um cuidado especial.

O gerente da empresa de tratamento de água e filtragem, Asstefil, garante que uma bebida de qualidade envolve um processo de obtenção da água minucioso. “Seja qual for o estabelecimento, é muito importante purificar a água. O erro mais comum no preparo da bebida é justamente a falta de critério no uso da água para o café. A água da torneira, por exemplo, pode ser a solução mais prática, mas não a correta. Se ela tiver impurezas ou excesso de cloro a qualidade da bebida fica comprometida”, afirmou Fábio de Oliveira.

Questionado sobre os problemas da água da torneira, Oliveira explicou que este é um produto com tratamento básico e que não garante um resultado excelente. “Dependendo da região que o estabelecimento for instalado, o tratamento básico pode ser precário e não é vantajoso para o empresário utilizar essa água”, disse o gerente da Asstefil, salientando que além da qualidade do café, uma água com muitas impurezas implica em manutenção constante dos equipamentos.

O café traz diversos benefícios para a saúde, se consumido adequadamente. Prevenção contra câncer e Alzheimer, rejuvenescimento das células do corpo e melhora na digestão são alguns deles.

O que determina a qualidade da água é a maneira como são administrados os produtos químicos na fase de tratamento, bem como a concentração de minerais. “O filtro purificador é responsável por reduzir os contaminantes da água para café. Ele inibe gosto, odor de cloro e outros contaminantes que podem trazer um sabor desagradável ao café”, finalizou Oliveira.

Website: https://asstefil.com.br/