Últimas Notícias

Técnicas de vendas para e-commerce de moda infantil

Conheça as melhores formas de promover as peças para crianças e chamar a atenção dos pais no seu site.

Vender itens infantis tem uma técnica especial. Você precisa ter os produtos que os pais querem e precisam, saber quando e onde anunciar, e, ainda, as próprias crianças também precisam ser agradadas. Preço e qualidade, por exemplo, são algumas das características que fazem toda a diferença na decisão de compra.

Um outlet de roupa infantil, assim como qualquer e-commerce, precisa ter fotos atrativas, informações detalhadas sobre cada produto e uma estrutura que permite fácil navegabilidade. Tudo tem que ser favorável para fechar a venda.

Hoje, você conhece algumas lições de vendas, mas também de marketing, que podem ajudar sua loja a vender mais e a aproveitar melhor as oportunidades. Confira!

Acompanhe as tendências e o que as crianças querem usar

Até uns 3 ou 4 anos de idade da criança, os pais ainda conseguem escolher o que os pequenos vão usar. Mas, depois disso, as influências de personagens e personalidades vêm à tona. Sabe aquela atriz mirim da novela que usa a saia do modelo X? Pois é, a menina vai querer uma exatamente igual.

O mesmo vale para a internet. Muitos pais permitem, ainda que com supervisão, que os filhos vejam mídias sociais e canais do YouTube, por exemplo. As influências de moda começam cedo e estão principalmente nesses lugares.

Ou seja, a loja precisa estar antenada e vender essas tendências. Isso atrai os pais que querem atender às vontades dos pequenos.

Tenha uma landing page no site

A landing page nada mais é do que um formulário para captar potenciais clientes para sua loja. Os visitantes te oferecem algumas informações e, a partir daí, você pode criar uma forma de comunicação mais efetiva, que pode resultar em muitas vendas.

Nesses casos, você vai conseguir e-mail ou um número de WhatsApp, por exemplo, para enviar conteúdos, promoções, cupons de descontos e tudo mais. Por lá, é possível também segmentar seu público e fazer essa distribuição de conteúdo de forma mais efetiva.

Se você coloca um campo que pede para que a pessoa diga se quer comprar roupas femininas ou masculinas e de qual faixa etária, você consegue enviar comunicações mais pontuais atendendo aos desejos específicos do possível cliente.

Exponha as peças com combinações da própria loja

Está vendendo uma blusa? Coloque a modelo usando também o short que você vende, a bolsa, o sapato e até o acessório. Assim, fica mais fácil visualizar como a criança vai combinar a peça e até influencia que o look seja adquirido por completo.

Dar descontos na compra de mais de uma peça ou na compra do look completo também pode ser interessante. No entanto, essa dica é mais voltada para datas comemorativas e datas de aniversário para quem já é cliente.

Não se esqueça das mídias sociais

Para vender, o melhor é o e-commerce. Ele oferece toda a estrutura necessária para questões burocráticas, de acompanhamento de estoque e sistemas automatizados. Agora, quando o assunto é divulgação, o que manda são as redes sociais.

É preciso estar onde os pais te vejam. Só que não foque apenas em vender, porque isso pode afastar as pessoas. As mídias sociais são para oferecer conteúdo e divulgar a sua marca.

Aproveite para proporcionar muita interação e fazer com que sua marca esteja mais próxima dos clientes e interessados em moda infantil. Assim, não é você quem vai atrás deles, mas o contrário.

Tenha uma boa página de vendas

Vender on-line é diferente de vender no ponto físico. Você precisa estar em constante estudo e adequação. E isso quer dizer o quê? Atender às “regras” dos buscadores.

Para vender e ser encontrado na internet, de forma orgânica, é interessante fazer a melhor descrição de produtos possível. Nesses casos, use as palavras-chave que ajudam o seu produto a ser encontrado.

Quer um exemplo? Aposte em descrições que digam o nome do produto, gênero, material, modelo, cor e tudo mais que possa ser procurado pelo seu cliente. Isso ajuda muito nas buscas e faz com que sua mercadoria apareça nos buscadores.

Gostou das nossas dicas? São apenas um pontapé inicial para você repensar suas técnicas de vendas e como a sua marca se posiciona na internet.

Mas, como estamos falando em site, não se esqueça de fazer sempre as manutenções necessárias. Sua página precisa ser funcional, rápida, sem erros e aguentar o tráfego, especialmente em épocas de promoção.

Coloque nossas dicas em prática e veja como você e seus clientes vão olhar de forma diferente para seu negócio.