Últimas Notícias

Cardápios digitais: clientes aprovam inovação, diz pesquisa

Paraná 14/12/2021 – Com a evolução do mercado, o empreendedor tem cada vez mais consciência da importância da venda direta para sua própria base de clientes

Estudo aponta que 65% dos consumidores de restaurantes já preferem cardápios digitais aos físicos; empresário da área de desenvolvimento de software comenta como inovação tecnológica deve ser tendência para o futuro pós-pandêmico

A pandemia de Covid-19 e seus efeitos nas relações sociais e trabalhistas legaram à sociedade uma série de mudanças comportamentais que deverão permanecer em voga em um futuro pós-pandêmico. Um exemplo é a questão da transformação digital das empresas, que, de acordo com estudo recente conduzido pelo Instituto FSB Pesquisa para a consultoria F5 Business Growth, é um tema de extrema importância para 70% dos líderes empresariais entrevistados. 

Em um recorte mais específico, analisando o setor de bares e restaurantes, tal digitalização também se dá de forma célere, fato que pode ser evidenciado por uma série de pesquisas e estudos recentes. O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), por exemplo, na pesquisa “O impacto da pandemia de coronavírus nos pequenos negócios”, indicou que 72% das empresas no setor de serviços de alimentação já contam com vendas on-line.

A previsão vai ao encontro com outra estimativa – que traz uma amplitude maior, de âmbito global -, realizada pela empresa Branded Strategic Hospitality, que indica que cerca de 50% dos restaurantes se tornarão mais tecnológicos até 2030 devido à transformação digital. 

Dentre as principais alterações logísticas adotadas por bares e restaurantes no Brasil estão os cardápios digitais, que servem tanto para o consumidor que demanda serviços por meio de delivery – podendo acessar o menu por meio de sites, aplicativos e redes sociais -, quanto para os clientes que frequentam os estabelecimentos e podem ter acesso a carta de produtos por meio de um QR Code. 

Segundo uma pesquisa realizada pela ANR (Associação Nacional de Restaurantes) em parceria com a Galunion e o IFB (Instituto Foodservice Brasil) em maio deste ano, 52% dos estabelecimentos do país pretendem manter softwares integradores para organizar pedidos de todos os canais de vendas, ao passo que 42% manterão totens ou cardápios digitais para autoatendimento. Outro estudo, desenvolvido pelo instituto de pesquisas Dataessential, apontou que 65% dos clientes de restaurantes já preferem cardápios digitais aos físicos. 

Transição ao digital cada vez mais acelerada

Para Pedro Ruibal, CEO da Easy Delivery, empresa de desenvolvimento de softwares que atua na criação de cardápios digitais gratuitos, a pandemia de Covid-19 acelerou o processo de digitalização de estabelecimentos do setor de bares e restaurantes, que, segundo ele, “já estava a todo vapor”. O empresário acredita que, de fato, nos últimos dois anos, esta transformação se mostrou mais acelerada, embora “a direção em que o mercado de delivery caminhava já era de profundo crescimento”.

Dados de uma pesquisa encomendada pela VR Benefícios ao Instituto Locomotiva corrobora esta afirmação: 81% dos estabelecimentos comerciais no Brasil valeram-se de serviços de delivery durante a pandemia de Covid-19, e indicam que irão manter este tipo de método – antes da atual crise, somente 49% dos restaurantes, lanchonetes, padarias e mercados realizavam entregas em domicílio.

O empresário acredita que, dando um passo à frente na questão da inovação tecnológica no setor de bares e restaurantes, a implantação dos cardápios digitais nesses estabelecimentos é “um caminho sem volta”.

“Os cardápios digitais se tornaram um elemento imprescindível na operação do restaurante. Com a evolução do mercado, o empreendedor tem cada vez mais consciência da importância da venda direta para sua própria base de clientes e esse canal de vendas é a ferramenta perfeita para estabelecer tal conexão”, afirma. 

Ruibal afirma que a agilidade no atendimento e a minimização de erros nos pedidos são algumas das principais vantagens que os cardápios digitais proporcionam em relação aos menus convencionais, de papel. Sobre os desafios para aqueles que já iniciaram a transição ao on-line, o CEO da Easy Delivery acredita que “a construção de um ecossistema de marketing focado na presença digital no mercado” é algo fundamental.

“Hoje, o conhecimento está cada vez mais acessível, então é muito importante que o empreendedor mergulhe de cabeça nessas estratégias”, afirma.

Para saber mais, basta acessar: https://easydelivery.com.br/

Website: https://easydelivery.com.br/