Últimas Notícias

Tempo de embarque na Travessia das Balsas é reduzido com implantação de novas bilheterias

Apesar do aumento considerável do fluxo de carros durante as altas temporadas, uma das últimas etapas das obras de requalificação da Travessia das Balsas para o Arraial d’Ajuda, que já está em operação, foi a implantação das novas bilheterias exclusivas para veículos.

Conforme o diretor da Rio Buranhém Navegação, Bruno Barbiero, “antes eram necessários cerca de 12 a 15 minutos para carregar uma balsa. Hoje, com a separação das bilheterias de veículos e de passageiros e com a cobrança antecipada, ou seja, quando chega uma balsa a outra já está pronta para sair – esse tempo foi reduzido para 4 a 5 minutos”, o que significa uma redução de mais de 50% do tempo.

Ainda segundo o empresário, outro aspecto que tem modernizado o serviço e agilizado o embarque de carros e passageiros foi a implantação do sistema de catracas e bilhetagem eletrônicas, com a utilização de cartão recarregável. Para facilitar a vida dos moradores, as empresas responsáveis pelo serviço estão realizando diversas campanhas, estimulando os usuários a fazerem o cadastro gratuitamente, na Central de Atendimento, que funciona em frente à Praça dos Pataxós.

“Com o cartão, além de não enfrentar filas para o embarque, o morador ainda tem desconto na tarifa”, salientou Barbiero. Ele lembra que a recarga, no valor que o usuário desejar, pode ser feita na própria Central de Atendimento ou em uma das bilheterias, de preferência fora dos horários de pico. Em breve o usuário poderá fazer a recarga do seu cartão através de um aplicativo que será disponibilizado pela empresa, cujo pagamento poderá ser feito com cartão de crédito ou débito.

Foto: Divulgação / Assessoria

Acordo cumprido

Essas e outras melhorias se tornaram possíveis graças à assinatura de um TAC (Termo de Acordo e Compromisso), firmado pelas empresas de navegação com o Ministério Público, Prefeitura e Câmara de Vereadores de Porto Seguro, Observatório Social e OAB. Orçadas em R$ 8 milhões e financiadas pelas empresas, as desapropriações e obras de requalificação da Travessia das Balsas, em Porto Seguro e Arraial incluem, além da implantação de novas bilheterias, catracas e bilhetagem eletrônicas, urbanização e revitalização de praças, iluminação, paisagismo, terminal de embarque de passageiros em vans e ônibus, calçamentos de ambos os lados, asfaltamento da estrada da balsa, construção de banheiros e coberturas para pedestres e de um mirante do lado de Arraial d’Ajuda.

“Todas as nossas obrigações previstas no TAC estão sendo cumpridas integralmente”, assegura Bruno Barbiero. Ele acrescenta que falta apenas a construção do Terminal de Passageiros com banheiros e mirante, do lado de Arraial, que vai valorizar ainda mais a paisagem e que não foi concluída devido a pendências jurídicas na desapropriação do terreno.

“Buscamos o que há de mais moderno no Brasil em termos de knowhow em transporte coletivo. E essas obras são um divisor de águas para quem cruza o rio Buranhém de balsa, valorizando o entorno e o Arraial d´Ajuda como um todo. É um novo capítulo na história da travessia”, disse o empresário