Quanto custa um exame de bioimpedância?

A balança de bioimpedância é muito usada para avaliar a composição corporal de uma pessoa, com base na quantidade de músculos, ossos e gorduras do corpo.

Os resultados do exame ajudam a avaliar o risco nutricional e permite a prevenção de doenças. Continue lendo este artigo para entender mais sobre o exame, quanto custa e o que é preciso para realizá-lo!

Quanto custa um exame de bioimpedância?

O exame de bioimpedância é muito solicitado em academias e nutricionistas, para diagnosticar a saúde geral de uma pessoa. Este exame é feito com uma balança de bioimpedância, que existe uma série de modelos de balança no mercado.

Seu objetivo é avaliar a composição corporal de uma pessoa, com o objetivo de identificar perdas ou ganhos conforme cada plano de dieta e treino.

O método baseia-se na condução de uma corrente elétrica bem fraca pelo corpo da pessoa. A massa magra conduz a eletricidade de forma mais fácil, por conter um elevado conteúdo de água.

Ao passo que a massa gorda tem uma maior resistência por conter um baixo nível de hidratação. O intuito dessa avaliação, é saber qual a quantia de massa magra e massa gorda que a pessoa tem em seu organismo.

Até porque, duas pessoas com o mesmo peso e estatura podem apresentar diferentes composições. Ou seja, uma pessoa com 70 kg pode ter mais massa magra, enquanto outra com o mesmo peso pode ter mais gorduras.

A massa magra é formada por músculos, ossos e órgãos vitais, sendo a maior responsável por queimar as calorias. Já a massa gorda é composta apenas de gordura corporal.

É possível fazer esse exame em clínicas, consultórios e até mesmo em academias, desde que tenha um acompanhamento profissional. Em relação aos valores, costuma variar conforme a sua região, escolha da profissão e seu segmento.

Mas, o exame pode custar cerca de R$ 70, avulso. Existem alguns profissionais que incluem o valor do exame na consulta inicial, podendo custar cerca de R$ 200.

O que é preciso para fazer o teste de bioimpedância?

Para fazer o exame, o ideal é sempre procurar por um profissional de confiança e seguir sua recomendação, para obter resultados mais precisos. Confira logo abaixo alguns dos cuidados que é preciso ter:

  • Evitar comer e tomar café nas quatro horas anteriores;
  • Não ingerir bebida alcoólica nas 24 horas anteriores;
  • Beber de 2 a 4 copos de água duas horas antes do exame;
  • Não passar creme nos pés ou nas mãos;
  • Urinar 30 minutos antes do procedimento;
  • Usar peças de roupas leves para ajudar na precisão do resultado;
  • Não frequentar saunas durante as 12 horas que antecedem o exame.

Além desses cuidados, é possível que o médico possa solicitar outros. E há algumas restrições para fazer o exame, como as gestantes e pessoas que tem no corpo pinos ou placas metálicas.

A presença de pinos ou placas metálicas, podem interferir na passagem da corrente elétrica. Isso faz com que o percentual de gordura seja menor e o de massa magra maior.

A água é um bom condutor de energia e por esse exame ser feito através da passagem de corrente elétrica pelo corpo, qualquer variação no grau de hidratação do corpo poderá causar interferências nos resultados.

A cafeína, álcool e atividades físicas tem ação diurética no organismo, por isso é importante evitá-los para não interferir nos valores. Por exemplo, fornecer um resultado acima do real para a quantidade de gordura.

E vale ressaltar que não é indicado que mulheres no período menstrual façam o exame, não pela função diurética. Mas sim pelo fato de ter uma tendência maior a reter líquidos durante o período, que também poderá interferir nos resultados.

Sendo assim, é muito importante respeitar o protocolo para fazer o exame.

Quais são os benefícios do exame?

Aqueles que praticam exercícios físicos e desejam ganhar músculos ou perder peso, é importante saber qual o valor exato de gordura corporal e massa magra presente em seu corpo.

Apenas com essas informações exatas, os profissionais de nutrição e educação física poderão montar um plano de dieta equilibrada e uma rotina de treino, com base nos objetivos de cada pessoa.

Sendo assim, será possível manter um acompanhamento mais preciso sobre a perda de gordura e o ganho de massa magra. De forma resumida, esse exame funciona como uma espécie de orientação, para que os objetivos sejam alcançados de modo mais fácil e eficaz.

Conclusão

Como você pôde ver neste conteúdo, a balança de bioimpedância é um aparelho usado para realizar um exame onde o objetivo é descobrir qual a porcentagem de massa magra e massa gorda no corpo de uma pessoa.

E você, o que achou deste conteúdo? Foi útil para você? Não esqueça de compartilhar com os seus amigos e conferir outros posts como este em nosso blog!