Últimas Notícias

Tecnologias modernas no sistema educacional do Brasil

pexels

 

Com o avanço do estado da arte, cada vez mais podemos incorporar ferramentas e tecnologias que auxiliam no aprendizado. Hoje em dia, nós somos completamente dependentes da tecnologia e, consequentemente, o sistema de ensino precisa se adaptar para condizer com os anseios a sociedade contemporânea. Por exemplo, há programas de graduação que são completamente feitos através da internet, desde a matrícula até o trabalho de tcc e, por isso, é importante que os estudantes estejam preparados para controlar essas ferramentas e fazer o melhor proveito do potencial que elas têm a oferecer.

Todo jovem e adolescente é fascinado pela tecnologia e por inovações, por isso, recursos com o livro didático e o quadro negro acabam transmitindo uma sensação de serem ultrapassados e perdendo a capacidade de manter a atenção dos jovens. Os professores, hoje, têm distintas possibilidades de recursos para informatizar a educação, como por exemplo os aparelhos de Datashow, laboratórios de informática, etc.

Neste artigo vamos tentar expor algumas ideias de tecnologias que possam auxiliar o sistema educacional do Brasil, bem como alternativas tecnológicas que possam transformar o processo de aprendizado do estudante mais dinâmico e interessante, seja dentro da escola ou em casa.

O ensino à distância já é uma tendência que veio para ficar

Por conta da pandemia de Covid-19, o ensino à distância conquistou um espaço que já estava procurando no sistema educacional brasileiro. Embora tenha surgido com o início da internet, por volta dos anos 90, foi só agora que ele teve o apoio necessário para dominar, mesmo que momentaneamente, o modelo de educação nacional.

Isso traz algumas vantagens, como maior flexibilidade de horários para os estudos e a construção de um perfil mais dinâmico e engajado de um aluno, uma vez que é cobrada uma participação mais ativa do estudante para que ele possa realmente aproveitar esse modelo de ensino, mas também há algumas desvantagens, como um sistema educacional que não estava preparado para transitar tão bruscamente para o sistema de ensino remoto, uma vez que professores e escolas são formados com o intuito de haver um ensino presencial.

Mas mesmo em um sistema de ensino inteiramente presencial, a tecnologia pode ter um papel determinante para tornar o aprendizado mais dinâmico e capaz da captar melhor a atenção dos alunos. O uso de tablets nas escolas, por exemplo, já é uma realidade e a própria escrita acaba sendo substituída pela digitação. Algumas questões como a dificuldade de acesso desse tipo de equipamento precisam ser pontuadas, mas a tendência de um sistema de educação que abranja todos os alunos e seja capaz de se adaptar para a sociedade contemporânea é algo que precisa ser visado pelos órgãos e agências responsáveis pelo ensino.

Aplicativos que auxiliam na educação

Para além das instituições, há muitos aplicativos que podem tornar o processo de aprendizado e estudo mais divertido e motivador, como por exemplo os jogos educativos ou até aplicativos de controle de tempo de estudo. Alguns deles são:

Pomodoro

O pomodoro é um método de estudo interrompido que consiste em você dedicar pequenos intervalos de tempo para estudar, tendo pausas entre eles. Existem diversos aplicativos que permitem que você controle melhor esse tempo e muitos funcionam em conjunto com jogos ou ferramentas de recompensa para motivar o estudante a se dedicar ao tempo planejado.

Jogos

Também há alternativas de jogos que estimulam o desenvolvimento do raciocínio como o sudoku e o xadrez. Jogos de palavras cruzadas, por exemplo, também é uma boa alternativa para melhorar o vocabulário de uma maneira divertida e fácil. Isso, graças à tecnologia, é acessível a qualquer momento por todo mundo que tiver um aparelho móvel como o celular.

Aplicativos de aprendizado de idiomas

Outra grande ferramenta que a tecnologia trouxe é o aplicativo de aprendizado de idiomas. Ficou muito mais fácil aprender uma nova língua e, com jogos e sistemas de recompensa assim como os aplicativos de pomodoro, isso pode ser até divertido e prazeroso.

É até difícil mensurar a quantidade de ferramentas disponíveis que temos apenas pelo avanço da tecnologia. O acesso à informação, sem dúvidas, foi um dos grandes recursos que a internet nos trouxe. É possível aprender sobre qualquer assunto através de vídeos na internet, aplicativos, entre outros recursos.

O problema da inclusão digital

Não poderíamos encerrar esse artigo sem dedicar um espaço para falar sobre o problema da inclusão digital. A educação tem como princípio a intenção de formar cidadãos e a informatização do ensino precisa levar em consideração as enormes dificuldades que temos, no Brasil, em promover um acesso inclusivo a todos os estudantes. Não basta inserir aplicativos e recursos em algumas escolas e ignorar a dificuldade que muitos estudantes têm em acessar esse tipo de conteúdo ou comprar os equipamentos necessários. Por isso, é importante que agências e órgãos responsáveis promovam projetos de inclusão social, para ensinar os alunos a acessar melhor todos os recursos que a tecnologia é capaz de trazer para a educação no Brasil.