PUBLICIDADE



Fenics 2017
Inicio » Minas Gerais » MG – Em Uberaba, homem sai para passear com cachorro e estupra jovem

MG – Em Uberaba, homem sai para passear com cachorro e estupra jovem


Reviewed by:
Rating:
5
On 12 de maio de 2014
Last modified:12 de maio de 2014

Summary:

MG - Em Uberaba, homem sai para passear com cachorro e estupra jovem

A Polícia Militar está à procura de um homem de 44 anos que, junto com o amigo, estuprou uma jovem de 20 anos, nesse domingo (11), em Uberaba, no Triângulo Mineiro. O crime aconteceu durante o passeio dos suspeitos com um cachorro de estimação.

MG - Em Uberaba, homem sai para passear com cachorro e estupra jovem
MG – Em Uberaba, homem sai para passear com cachorro e estupra jovem

De acordo com a Polícia Militar, a vítima contou que caminhava pela avenida Coronel Antônio Rios, no bairro Jardim Sete Colinas, quando foi abordada por  Renivaldo Augusto De Melo, que estava com o animal e é conhecido pelo apelido de “Didi”, e Wagner Da Silva, de 45, conhecido como “Fião”. Na versão da mulher, eles a ameaçaram e a forçaram a deslocar até um terreno baldio na rua Dom Luís Maria Santana.

Lá, a jovem teve as roupas rasgadas, foi agredida com um soco no rosto e foi obrigada a praticar sexo oral nos dois homens. Após o crime, Didi e Fião fugiram com o cachorro. A vítima foi socorrida por populares e, durante rastreamento, policiais localizaram Fião, que foi reconhecido pela mulher através de uma foto.

Depois da prisão do suspeito, militares deslocaram para a casa de Didi, mas foram informados pela sua mãe que ele chegou no imóvel, deixou o animal e saiu. Ele ainda não foi localizado.


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).