Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Internacional » Ásia » Ásia – Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente

Ásia – Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente

Um tribunal indiano sentenciou a 20 anos de prisão cinco homens por estuprar e depois atear fogo ao corpo de sua vítima, uma estudante adolescente. A moça de 16 anos foi estuprada duas vezes em outubro passado perto da casa de sua família na cidade de Madhyagram, em Bengala Ocidental.

Ásia - Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente
Ásia – Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente

O segundo estupro aconteceu quando ela estava voltando para casa depois de ter reportado a primeira agressão na delegacia local. No mesmo dia, atearam fogo à vítima em sua própria casa. Ela chegou a ser internada, mas acabou morrendo no hospital na noite do Ano Novo.

Seis homens foram presos e indiciados. Um deles foi libertado porque concordou em testemunhar contra os outros. Uma fonte da polícia confirmou que a vítima estava grávida ao morrer. Os homens foram condenados com base nos testemunhos prestados pela moça no hospital.

Sua morte desatou uma onda de protestos no país. A Índia tornou-se mais sensível à questão da violência contra as mulheres desde o brutal estupro coletivo de uma mulher de 23 anos em um ônibus, em Nova Délhi, em 2012. O parlamento desde então reforçou as leis que punem estupradores.

Leia Também

Atacante voltou a ficar devendo melhor atuação contra a Costa Rica, não rendeu o esperado e mostrou nervosismo com rivais e arbitragem

No sufoco, Neymar supera irritação, marca nos acréscimos, chora e leva o Brasil a vitória

* Por: Jornal Montes Claros - 22 de junho de 2018. No sufoco, Neymar supera …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).