Últimas Notícias

Unimontes realiza vestibular de fim de ano neste domingo com 9,5 mil candidatos

Neste domingo (7/12), a Universidade Estadual de Montes Claros realiza o 1º Processo Seletivo/2015, com a participação de 9.565 candidatos, que concorrem a 1.219 vagas em 52 cursos regulares ministrados em todos os campi e núcleos. As provas do vestibular de final de ano estão divididas nos Grupo I (manhã) e Grupo II (tarde).

Unimontes realiza vestibular de fim de ano neste domingo com 9,5 mil candidatos
Unimontes realiza vestibular de fim de ano neste domingo com 9,5 mil candidatos

A Comissão Técnica de Concursos (COTEC) alerta aos candidatos para estejam nos locais de prova com antecedência de pelo menos 30 minutos, de porte de um documento oficial com foto e do cartão de inscrição – que pode ser consultado no portal www.cotec.unimontes.br. É terminantemente proibido o porte de qualquer tipo de aparelho eletrônico sob risco de eliminação – conforme edital. A caneta para as provas deverá ser com o tubo transparente.

As provas serão aplicadas nas cidades de Almenara, Belo Horizonte, Bocaiuva, Brasília de Minas, Espinosa, Janaúba, Januária, Joaíma, Paracatu, Pirapora, Pompéu, Salinas, São Francisco e Unaí. O local foi indicado pelo candidato no ato da inscrição.

As provas para os 6.256 inscritos no Grupo I serão realizadas das 8 às 13 horas. À tarde, das 15 às 20 horas, acontecem os exames para os 3.330 candidatos do Grupo II. Serão distribuídos 230 pontos – redação (20) e múltipla escolha (210).

CURSOS MAIS CONCORRIDOS

No sistema universal, Medicina é o curso mais concorrido com 276,27 candidatos/vaga, seguido por Odontologia (109,67), Direito Noturno (101), Direito Matutino (93,86) e Engenharia Civil (65).

No sistema de reserva de vagas, os cursos mais disputados são: AFRODESCENDENTE: Medicina (21,88), Odontologia (12,6), Direito Noturno (11,67) e Direito Diurno (11,5). EGRESSOS DE ESCOLA PÚBLICA: Medicina (31,38), Odontologia (15,4), Direito Diurno (12,17) e Direito Noturno (10,5). PESSOAS COM DEFICIÊNCIA/INDÍGENAS: Medicina (12), Direito Diurno (7), Direito Noturno (6) e Odontologia (5).

Em atendimento à Lei Estadual 15.259/2004, 45% do total das vagas são reservados para as categorias de afrodescendentes (20%), egressos de escolas públicas (20%) – estas comprovadamente carentes – e pessoas com deficiência/indígenas (5%). Conforme o edital, somente para os candidatos ao Curso de Artes/Música haverá também provas de habilidades específicas.