Casa das Apostas Online Betway

PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINAS

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Minas Gerais » MG – Vítimas do atropelamento em Belo Oriente são veladas

MG – Vítimas do atropelamento em Belo Oriente são veladas

Atropelamento deixou seis mortos em Belo Oriente
Atropelamento deixou seis mortos em Belo Oriente
Atropelamento deixou seis mortos em Belo Oriente

Começou no início da  tarde deste sábado (17) o velório das vítimas de atropelamento em Belo Oriente, no Vale do Rio Doce. O acidente aconteceu na noite dessa sexta-feira (16) na LMG-758, perímetro urbano que dá acesso a entrada da cidade.

Os corpos de Eni Aparecida de Assis, 46, Maria Gomes Roque, 67, Irani Simões Bittencourt, 39, Ana Letícia Simões Ferreira, 16, Ronaldo Ferreira, 33 e Maria Piedade de Assis, 65, estão sendo velados em casa, mesmo local em que ocorreu o atropelamento.
Segundo a funerária Paraíso e Novo Oriente, o velório será realizado durante toda a noite e o sepultamento será na manhã deste domingo (18).
Durante todo dia policiais civis e militares realizaram buscas na tentativa de localizar o empresário Newton Paiva da Silva, 55 anos, mas até o momento o condutor não foi localizado.
Entenda o caso. 
As vítimas estavam sentadas na porta de casa, quando o carro Ford Fusion  entrou a rodovia em alta velocidade, perdeu o controle da direção e acabou indo em direção aos moradores que estava no passeio.
Eni Aparecida de Assis, de 46 anos, Maria Gomes Roque de 67 anos, Irani Simões Bittencourt, de 39 anos, Ana Letícia Simões Ferreira, de 16 anos, Ronaldo Ferreira, de 33 anos e Maria Piedade de Assis, de 65 anos, morreram na hora. Maria das Graças Paranha, 48, Breno Barbosa, 12, João Moreira de Souza, 57 e Márcio Renan de Assunção, 11, ficaram refirdos e foram encaminhados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Ipatinga. Duas pessoas que não tiveram os nomes divulgados pela unidade de saúde seguem internadas em situação estavel.
O carro, que foi abandonado no local, conforme informações da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) pertence ao empresário e ex-secretário de obras do município, Newton Paiva da Silva, de 55 anos. Ainda de acordo com os militares, após o acidente, o empresário abandonou o veículo e fugiu do local. Dentro do carro, a polícia apreendeu grande quantidade de munição calibre 38.
Ainda de acordo com a PMRv, o local é considerado perímetro urbano e não há registros de outros acidentes na região. Militares estão realizando buscas nas proximidades na tentativa de prender o empresário que pode responder por homicídio e omissão de socorro.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *