Publicidade FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  

PUBLICIDADE

COPASA - MONTES CLAROS
Inicio » Minas Gerais » Centro de Minas » MG – PM reage a assalto e é assassinado em Itabirito

MG – PM reage a assalto e é assassinado em Itabirito

Um dos criminoso que trocou tiros com o militar foi encontrado baleado no Hospital São Vicente de Paula, em Itabirito.

Soldado reagiu a assalto e foi baleado três vezes
Soldado reagiu a assalto e foi baleado três vezes

Um policial militar foi morto após reagir a um assalto na noite desta terça-feira (27) na BR-040, no trecho pertencente a Itabirito, na região Central do Estado. Na troca de tiros, um dos bandidos também foi baleado e deslocou até o Hospital São Vicente de Paula, na mesma cidade.

Conforme informações de militares da 250ª Cia do 52º Batalhão da Polícia Militar (PM), por volta de 19h, o soldado Maicom Gomes da Silva Santos foi encontrado baleado e sem vida às margens da rodovia.

Pouco tempo depois, policiais localizaram um homem de 22 anos ferido por arma de fogo no hospital de Itabirito. Durante conversa com a corporação, o suspeito disse que teve uma motocicleta roubada, mas entrou em contradição por várias vezes.

Devido à gravidade do ferimento, ele foi transferido para o Hospital de Pronto-Socorro XXIII, em Belo Horizonte, onde segue internado sob escolta policial. Ainda conforme a polícia, na madrugada desta quarta-feira (28), um segundo suspeito, um adolescente de 17 anos, foi preso dentro de casa. Ele teria confessado o crime.

Na versão dos suspeitos, ele abordaram o militar para roubarem sua motocicleta. No entanto, o policial reagiu e houve troca de tiros. Santos levou três tiros, sendo um deles na testa. Ainda conforme a polícia, o corpo da vítima foi encontrado ao lado de sua moto.

No bolso do militar foi encontrado dinheiro. Já a arma dele não foi localizada. O velório e sepultamento do policial devem acontecer em Barbacena, cidade em que sua família vive e para onde ele deslocava no momento do crime.

Carreira

Soldado Maicom Santos estava há três anos na corporação e, atualmente, trabalhava no Batalhão de Choque da Polícia Militar.

No dia 21 de janeiro, pelo Facebook, o militar chegou a lamentar a morte do soldado Ramon Glaubert Seixas Fraga, de 35 anos, que morreu após capotar uma viatura durante uma perseguição policial no bairro Jardim São José, região Noroeste da capital, no dia 20.

Leia Também

Seguro sai de graça para o segundo passageiro nas viagens internacionais

* Por: da redação - 21 de Maio de 2018. Seguro sai de graça para …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas. O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *