Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

Curso Instalador Energia Solar

Morre Celso Santebanes, o Ken humano

Celso Santebanes, de 20 anos, conhecido como Ken humano, morreu na tarde desta quarta-feira (4). A informação foi divulgada pelo hospital em que ele estava internado por meio de nota oficial à imprensa: “É com pesar que o Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia informa que o paciente Celso Santebañes, portador de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo, faleceu às 16h30 do dia 4 de junho de 2015 em decorrência de agravamento do quadro clínico pela pneumonia na fase de imunossupressão da quimioterapia”.

Celso Santebanes, de 20 anos, conhecido como Ken humano, morreu na tarde desta quarta-feira (4).
Celso Santebanes, de 20 anos, conhecido como Ken humano, morreu na tarde desta quarta-feira (4).

A descoberta da doença se deu quando Celso foi investigar uma inflamação decorrente da aplicação de hidrogel. Celso foi internado primeiramente no dia 7 de janeiro em Araxá, Minas Gerais, mas foi encaminhado logo depois para Patos de Minas por causa da gravidade de seu quadro. Apenas oito dias depois, em 15 de janeiro, ele voltou a ser transferido, desta vez para o Hospital de Clínicas de Uberlândia. No dia 3 de fevereiro o estado de Celso se agravou abruptamente e o boletim médico indicava “risco iminente de morte”.No dia 10 de fevereiro o hospital já descartava risco de morte, apesar do quadro ainda ser grave. Dois dias depois o modelo passou a respirar sem ajuda de aparelhos.

.

Celso Pereira Borges deixou Araxá, sua cidade natal, aos 16 anos, para ir a São Paulo na busca do sonho de ser famoso. O jovem ficou conhecido depois de fazer várias modificações corporais para ficar parecido com o boneco Ken. O rapaz planejava contar sua luta contra o câncer em uma autobiografia. Ele namorava Jennifer Pamplona, e incentivava a modelo a se tornar a Susie Humana.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *