Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Ontem deslumbrado com as fitas dependuradas no céu das ruas de Montes Claros, prometi a mim e ao assessor especial Claudio Boca de Véia que voltou a tomar pinga depois de vários meses frequentando os AA (Alcoólicos Anônimos). Que eu escreveria uma crônica formal, com estilo de Drummond. Porém penso que a alma de Millor me acompanha e não consigo fazer o cômico se desviar de mim. Antes de seguir preciso dizer que meu assessor afirmou que voltou a tomar pinga, mas jura que nada será como antes, pode beber um tonel da “marvada” que não vomitará dentro do ônibus ou nas costas do Moto-taxi.  E lá estava eu maravilhada, assoviando com o vento quanto passa uma daquelas mulatas de cadeiras largas e passadas curtas, rebolando como se daquele bailar ecoasse as cantigas do vento. Então um senhorzinho de bigode curto que vendia seu picolé na sombra, atreveu-se a galanteios, “Eita gostosa, se pego um rabo desse eu punha com borra a noite toda!”, mas a infelicidade anda com alguns e nesse dia era o tal sujeito, pois vinha logo atrás um cara já nas suas idades avançadas, mas com farda de policial e algumas condecorações, ali estava de Coronel a cima, e foi chegando e segurando a braço do moço, “Como é que é seu filho da puta, o que é que você fazia com um rabo daquele?” o Picolezeiro pálido, com a voz sumida e as pernas tremulam respondeu com o que sobrou de coragem: “Mas é bem capaz, de deixar meu bof gostosão lá em casa para mexer com mulher dos outros, adoro policiais maduros!” Disse olhando anêmico para o policial que lhe torceu o braço e chamou um lavador de carro que polia um Corola: “É o seguinte Tonhão, termina ai que vou ajudar esse pobre necessitado, vista a farda e dê um pouco de prazer a ele!” Concluindo a ordem dada ao lavador andou para alcançar a mulher que o esperava, o sujeito do picolé que não tirava o olho do lavador, aproveitou-se da passagem do carro do SAMU e fingiu um desmaio, diz do hospital ele fugiu até da cidade.

 

Concurso de Cantadas

Foi realizado no ultimo sábado dia (13) concurso com a melhores cantadas no bar do Cesar do Bairro Sumaré, o contemplado levou para casa um espeto de asa, outro de coração e um de costela cozida, além de 05 litrões de cerveja. Veja a premiada e as seguintes até o 5º lugar. 

1º Lugar: “Gata, você é boa em matemática? Então calcula nós dois juntos, SUA LINDA!” (Alterino Sampaio de Jesus – Bairro Morrinhos)

2° Lugar: “Eu sou seu Pokémon e você é a minha pokébola. E aí, rola ou não rola?” (Anelino Antonio Antunes – Bairro Cidade Nova)

3° Lugar: “Você pode me dar uma foto sua? É pra mostrar ao Papai Noel o presente que eu quero ganhar”. (Jailson Junior – Vila Tiradentes)

4º Lugar. “Gata, eu não sou as Esferas do Dragão, mas vou realizar todos os seus desejos”.

5º Lugar. “Gata eu não sou o Quico, mas você me deixa looooooooouco!”

Riso da Hora

O namorado só vê a namorada, de mês em mês, e chegou o dia de ir visitá-la, ele pegou sua jumenta e foi, comprou um pacote de amendoim e comeu na estrada, ai terminou o amendoim, você sabe deu aquela reação no corpo, aquele frio na espinha, o pau endureceu, ele olhou pra um lado olhou pro outro lado, não viu ninguém, começou alisar a jumenta e creu. Ele chegou na casa da namorada bateu na porta, quando ela abriu, ele deu aquele sorriso colgate, ela percebeu uma pele de amendoim no dente dele, ela pensou:
– vou faze uma surpresa pra ele.
Ela falou:
– Amor eu sei o que você comeu!!!
Ele todo nervoso retruca:
– Comi, e daí, a jumenta é minha mesmo!!!!!

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *