Casa das Apostas Online Betway

PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINAS

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Montes Claros » Politica em Montes Claros » Eleições 2016 – Salvo-conduto assegura a Ruy Muniz não ser preso durante campanha eleitoral

Eleições 2016 – Salvo-conduto assegura a Ruy Muniz não ser preso durante campanha eleitoral

Eleições 2016 – Salvo-conduto assegura a Ruy Muniz não ser preso durante campanha eleitoral

O juiz Antônio de Souza Rosa, da 31ª Zona Eleitoral de Montes Claros, concedeu nesta segunda-feira um salvo-conduto ao prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB), para que ele não seja preso.

Eleições 2016 - Salvo-conduto assegura a Ruy Muniz não ser preso durante campanha eleitoral
Eleições 2016 – Salvo-conduto assegura a Ruy Muniz não ser preso durante campanha eleitoral

 

No documento, o juiz avisa às autoridades policiais, civis e militares que eles devem “abster-se de deter e prender” o político entre esta segunda-feira e as 17h do dia 4, “salvo em caso de flagrante delito”, conforme prevê o Código Eleitoral. O prefeito afastado daria nesta segunda-feira uma entrevista a uma emissora de TV, mas ela foi cancelada.

Ruy Muniz está foragido desde a semana passada, quando teve a prisão decretada pela Justiça por suspeitas de desvios na compra de combustíveis pela Empresa Municipal de Serviços, Obras e Urbanização (Esurb).

O candidato ainda obteve uma liminar que lhe garante a condição de continuar fazendo campanha enquanto o cancelamento de sua chapa não for julgado em definitivo.

Na sexta-feira, a chapa dele foi inferida pelo juiz Antônio Rosa em razão da renúncia do candidato a vice-prefeito Danilo Fernando Macedo (PMDB). Pela legislação eleitoral, não há mais prazo para a apresentação de outro candidato a vice.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *