FENICS 2019 - ACI

Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Inutilidades Públicas

Apenas de cueca, Daniel Messias  ajudou a polícia local a prender um motorista sem habilitação que provocou um acidente de trânsito na na BR 135. Após bater em um restaurante, o condutor fugiu. Daniel  disse, em entrevista ao Jornal Montes Claros, que foi acordado por sua mulher por volta das 2h desta quinta-feira (08), quando um motorista atingiu um pequeno restaurante próximo à sua casa entre as cidades de Joaquim Felício e Augusto de Lima.  “Eu pulei da cama, tudo o que vestia eram minhas cuecas”, disse ele, que entrou em seu carro e começou a perseguir o suspeito. Quando a polícia estava chegando, Messias  usou os faróis para chamar a atenção dos agentes.  O motorista fugitivo acabou preso acusado de dirigir sem habilitação, além de outros crimes.

Um Mineiro viveu um verdadeiro conto de fadas sem final feliz. Desempregado, um belo dia descobriu na sua conta bancária a quantia de 5 milhões de reais

Depois de uma falha do banco, o Montes Clarense J  oão Honorio, na época com 22 anos, ganhou crédito ilimitado e gastou um dinheiro que não tinha: mais de 2,1 milhões de reais (aproximadamente R$ 5 milhões). Tudo começou em 2010, quando o homem, que vivia endividado e estava desempregado, abriu uma conta em um banco  e um erro o incluiu na categoria de clientes sem limite de saque. Ao invés de avisar a irregularidade, o morador do Bairro Vilage do Lago, decidiu começar a gastar e movimentar a quantia. Entre julho daquele ano a agosto de 2012, ele torrou a fortuna em carros de luxo como Aston Marti e Maserati, drogas ilícitas, viagens, prostitutas de luxo, um Jet-Ski, diversos itens colecionáveis como um fresbee autografado por Amy Winehouse e imagens assinadas por Bob Dylan, Led Zeppelin, Guns N’ Roses, e até Michael Jackson, foras as ‘despesas ostentação’ do dia a dia.Acusado de fraude, o homem será julgado e se  for  condenado pode pegar até  4 anos e meio de prisão. Ele chegou a passar cinco meses na cadeia, mas saiu após pagar fiança. Na semana passada, para alívio dele, o processo contra ele foi anulado. 

Riso da Hora 

Dois amigos conversam sobre as maravilhas do Oriente. Um deles diz: Quando completei 25 anos de casado, levei minha mulher ao Japão. Não diga? E o que pensa fazer quando completarem 50? Volto lá para buscá-la. 

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *