Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Google cria inteligência artificial contra comentários maliciosos

Google cria inteligência artificial contra comentários maliciosos

O Google lançou “Perspectiva”, uma ferramenta informática baseada na inteligência artificial e que ajudará os meios de comunicação a moderar automaticamente os comentários online, bloqueando as mensagens maliciosas dos “trolls”, anunciou o grupo americano.

Google cria inteligência artificial contra comentários maliciosos
Google cria inteligência artificial contra comentários maliciosos

 

Esta API (interface informática), proposta gratuitamente, permite que os editores criem programas que detectarão as mensagens “tóxicas” antes de sua publicação, determinando eles mesmos o nível de tolerância, disse a empresa.

“Perspectiva” está sendo testada por vários sites o do New York Times, The Guardian e Wikipedia, com uma aprendizagem automática a partir de mensagens consideradas provocativas ou fora de tema por parte de moderadores humanos.

O objetivo é facilitar o trabalho das equipes de moderadores, frequentemente sobrecarregadas com o fluxo de comentários injuriosos que impedem manter as conversas em condições normais, algo que levou muitos jornais a fechar suas páginas de comentários.

“Os meios de comunicação querem encorajar as conversas sobre seus conteúdos, mas detectar entre milhões de comentários aqueles que os sabotam leva muito tempo, trabalho e dinheiro”, ressaltou no blog do Google Jared Cohen, presidente do Jigsaw, que construiu a ferramenta.

O programa está disponível para os meios membros da “Iniciativa Digital de Notícias” do Google, mas também para as plataformas de redes sociais como YouTube, Twitter e Facebook.

Por sua vez, o Twitter anunciou no início do mês que atuará contra as mensagens abusivas, frequentemente anônimas, permitindo identificar seus autores e impedindo que criem novas contas.

Google, Facebook, Twitter e Microsoft assinaram no ano passado um “código de boa conduta” com a Comissão Europeia, pelo qual se comprometeram a examinar em um prazo de 24 horas a maioria dos conteúdos injuriosos apontados pelos usuários e suprimi-los caso necessário.