Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

MG – Projetos da Anater beneficiam municípios mineiros

MG – Projetos da Anater beneficiam municípios mineiros

Visita técnica Anater Semiárido mineiro
Visita técnica Anater Semiárido mineiro

Os projetos vão assistir cerca de 8 mil agricultores familiares de 150 municípios mineiros, em sua maioria da região de abrangência da Sudene 

A Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) iniciou a operacionalização de três importantes projetos que irão beneficiar mais de 90 mil agricultores familiares de todo o País. O primeiro é um Projeto Piloto, que vai beneficiar 10 mil famílias e formar 1200 extensionistas, nos estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo, além do Distrito Federal. Para o projeto serão investidos R$15 milhões, anualmente, até abril de 2020, divididos proporcionalmente ao número de famílias beneficiadas.

O segundo projeto é o D. Helder Câmara, cujas ações de assistência técnica e extensão rural (Ater) serão coordenadas pela Anater e irão beneficiar 63 mil famílias de agricultores de 917 municípios dos estados do Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe (Nordeste), Minas Gerais e Espírito Santo (Sudeste). Para o eixo assistência técnica e extensão rural o investimento de R$ 196 milhões, até abril de 2020. Realizado pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), o projeto D. Helder Câmara contempla outros eixos, que serão realizados pela própria Sead e seus parceiros.

O terceiro projeto da Anater vai beneficiar 17 mil famílias nas regiões do País que não estão contempladas nos projetos Piloto e D. Helder Câmara.

ANATER EM MINAS

Em Minas Gerais, os projetos vão atender cerca de 8 mil famílias em 150 municípios, em sua maioria da região de abrangência da Superintendência do desenvolvimento do Nordeste (Sudene), com investimento em torno de R$ 28 milhões.

O presidente da Anater, Valmisoney Moreira Jardim, destaca que é grande a expectativa em relação à atuação da Anater. “É uma proposta nova de assistência ao agricultor familiar, de forma integrada às políticas públicas voltadas para o setor, com diagnóstico, monitoramento e avaliação de resultados, que estamos chamando de Nova Ater. Essa nova forma de assistência vai possibilitar que a Anater leve para o campo uma nova estrutura, elevando a abrangência e a qualidade da assistência a ser ofertada aos agricultores e suas organizações econômicas”, ressalta o presidente.

PLANO DE TRABALHO

No último mês de fevereiro, a equipe técnica da Anater visitou comunidades rurais de vários municípios do Norte de Minas com objetivo de melhor direcionar as ações de Ater no Semiárido mineiro.

Segundo o diretor administrativo da Anater, Ricardo Demicheli, que também participou da comitiva, as visitas foram muito importantes para verificar, in loco, como está sendo feito o trabalho de Ater na região. “Essa experiência certamente contribuiu para a efetivação o plano de ação da Anater, cuja meta é redimensionar e qualificar os serviços de Ater no país”, avalia.

Demicheli explica que o resultado desse planejamento está sendo posto em prática.  “Estamos finalizando a primeira etapa da construção do plano de trabalho junto com as entidades públicas prestadoras de Ater de cada Estado que integra os projetos e iniciaremos as chamadas públicas para contratação das entidades privadas e ONGs. A partir de julho, iniciaremos o trabalho efetivo juntos aos agricultores familiares”, completa.

Por Jerúsia Arruda

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.