Inicio » Mais Seções » Saúde » Saúde – Como evitar o excesso de açúcar e controlar o Diabetes

Saúde – Como evitar o excesso de açúcar e controlar o Diabetes

Saúde – Como evitar o excesso de açúcar e controlar o Diabetes

Controlar o consumo de açúcares processados é essencial para o tratamento e prevenção da doença

Saúde - Como evitar o excesso de açúcar e controlar o Diabetes
Saúde – Como evitar o excesso de açúcar e controlar o Diabetes

 

Dia 14 de novembro é lembrado como o Dia Mundial do Diabetes, doença que cada vez mais atinge os brasileiros, muito em função da má alimentação e sedentarismo muito crescente no país. Segundo dados do Ministério da Saúde, nos últimos dez anos a doença cresceu 61,8% no Brasil, atingindo cerca de 8,9% da população.

A doença surge devido a alta taxa de açúcar contida no sangue. Nessa situação, o pâncreas não consegue mais produzir a quantidade de insulina que o organismo necessita para quebrar a glicose do sangue.

Existem dois tipos de diabetes. A chamada de tipo 1 é causada devido a características genéticas e a chamada de tipo 2 é adquirida ao longo da vida estimulada por maus hábitos como o sedentarismo e alimentação incorreta saturada de açúcares e carboidratos. A obesidade é um dos principais fatores de risco para o surgimento da diabetes tipo 2, o mais comum no Brasil.

Diabetes e açúcar

O excesso de açúcar é um dos principais fatores que causam o diabetes. Segundo Dr. J Bussade, nutrólogo e introdutor da prática ortomolecular no Brasil, existem diversos tipos de açúcares, alguns são bons e outros ruins. Entre os açúcares mais indicados para o consumo humano estão o mascavo, o orgânico e o de coco, que podem ser consumidos até mesmo por pessoas com diabetes, uma vez que esses tipos de açúcares não passam por processo de refinamento e, portanto, não perdem sais minerais e vitaminas.

O açúcar tipo refinado é apontado como o pior entre os açúcares, já que esse seria o alimento mais inflamatório que existe no planeta e causador de sérios danos ao DNA mitocondrial, provocando doenças degenerativas e o envelhecimento precoce. “Outro grande mal do açúcar refinado é que ele sobe 25 vezes mais a pressão arterial do que o sal e é importante ressaltar que a hipertensão arterial é também um dos fatores de risco do diabetes”, afirma o Dr J Bussade, que também é mentor científico da Bothanica Mineral®, empresa absoluta no ramo cosmecêutico e nutracêutico genuinamente ortomolecular.

O médico ainda destaca que o ser humano não tem necessidade de ingerir açúcares processados, pois o nosso corpo já o fabrica a partir de glicerol, gordura e proteína, em um processo chamado gliconeogênese, no qual o fígado produz proteína e converte em açúcar. Uma indicação do nutrólogo para substituir os açúcares é o mel, que é uma opção mais saudável e adoça os alimentos da mesma forma. Além disso, o mel também contém grande quantidade de vitaminas e é capaz de fortalecer o sistema autoimune.

Sobre o Dr J Bussade

Introdutor da Prática Medica Ortomolecular no Brasil | CRM 14.558/SP. Nutrólogo, Médico Clínico, Generalista, Cirurgião Geral, Gastroenterologista, Coloproctologista e Nutrólogo. Pioneiro Mundial da Prática Estética Ortomolecular; Introdutor da Medicina Estética no Brasil; Um dos Precursores da Prática Médica Ortomolecular na América Latina; Estudioso da Nutrição, Homeopatia e Fitoterapia. Participante ativo como palestrante Oficial dos primeiros Congressos Internacionais de Estética, Medicina Estética e Pratica Médica Ortomolecular no Brasil com mais de 47 anos de experiência profissional. Também é ativo pesquisador nas áreas de antiaging e nutrologia. Mentor científico da Bothanica Mineral®.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *