Vaga no Bolso

Inicio » Nacional » Anvisa encontra pelo de roedor em pimenta-do-reino

Anvisa encontra pelo de roedor em pimenta-do-reino

Anvisa encontra pelo de roedor em pimenta-do-reino

Anvisa encontra pelo de roedor em pimenta-do-reino
Anvisa encontra pelo de roedor em pimenta-do-reino

 

O lote do produto está proibido em todo o Brasil devido à presença de pelo de roedor e fragmentos de insetos acima dos limites previstos na lei.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou a Portaria nº 973, do Diário Oficial da União, proibindo a comercialização e a distribuição, em todo o território nacional, da pimenta-do-reino preta moída da marca Fã. O lote 21424, fabricado em 27 de março de 2017, foi vetado por apresentar fragmentos de insetos e de pelo de roedor acima do recomendado na pesquisa macroscópica e microscópica de matérias estranhas.

A descoberta das impurezas aconteceu após análise realizada pela Fundação Ezequiel Dias (Funed/Lacen-MG). Segundo a Anvisa, o laudo identifica a “presença de matérias estranhas indicativas de risco à saúde humana [fragmentos de pelo de roedor] e indicativas de falhas de boas práticas [fragmentos de insetos], acima dos limites de tolerância permitidos pela legislação vigente”. A legislação permite que cada produto possa trazer certa quantidade de corpos estranhos.

Dada a proibição, a Junco Indústria e Comércio Ltda., de Uberaba (MG), distribuidora do tempero, deve recolher, imediatamente, todo o estoque do produto existente no mercado.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *