OI TOTAL COM FIBRA

Montes Claros - Fundo Municipal do Meio Ambiente financia projeto de reciclagem em Tabuas | Jornal Montes Claros
Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Fundo Municipal do Meio Ambiente financia projeto de reciclagem em Tabuas

Montes Claros – Fundo Municipal do Meio Ambiente financia projeto de reciclagem em Tabuas

Montes Claros – Fundo Municipal do Meio Ambiente financia projeto de reciclagem em Tabuas

O projeto “Para Colher, Basta Reciclar”, da associação comunitária de Tabuas, foi um dos aprovados pela comissão do Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (Codema), e irá receber um cheque no valor de R$ 20 mil reais, no próximo dia primeiro de março.

Montes Claros - Fundo Municipal do Meio Ambiente financia projeto de reciclagem em Tabuas
Montes Claros – Fundo Municipal do Meio Ambiente financia projeto de reciclagem em Tabuas
Antes mesmo de receber o prêmio a associação comunitária de Tabuas, com o apoio da Prefeitura de Montes Claros e da Emater, realizou o Seminário de Educação Ambiental “Para Colher Basta Reciclar”, com o objetivo de incentivar a coleta de resíduos recicláveis (papelão, plástico, metal e ferro) nas comunidades rurais, para que tais resíduos sejam adquiridos na base de troca por mudas e pintinhos, distribuídos pela Emater.

O seminário aconteceu no Centro Comunitário de Tabuas, com a presença de dezenas de moradores de Tabuas e das comunidades em torno da estrada da produção; técnicos da Emater; secretários e gerentes municipais; vereadores e o comando da 209ª Cia da Polícia Militar, responsável pela segurança daquela comunidade.
Após as palestras, moradores e voluntários fizeram a separação e a pesagem dos materiais recicláveis que serão trocados. Segundo a presidente da Associação Comunitária de Tabuas, Luiza Maria de Jesus Nunes, assim que tomou conhecimento sobre o Fundo Único de Meio Ambiente (FAMMA), a comunidade de Tabuas apresentou o projeto, que acabou sendo selecionado e ficando entre um dos melhores avaliados: “imediatamente após o resultado, onde fomos contemplados com uma boa avaliação, já começamos a trabalhar, e com o apoio da Prefeitura de Montes Claros, da Emater, da Polícia Militar e de outros parceiros, conseguimos realizar este seminário para conscientizar a nossa comunidade sobre a importância de cuidar do nosso meio ambiente, começando do nosso terreiro”.

Para a coordenadora de educação ambiental da secretaria municipal de Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Montes Claros, Vânia Lopes, além do projeto “Para Colher, Basta Reciclar”, outros 11 projetos apresentados por entidades e organizações não governamentais (ONGs) também foram contemplados nas áreas de educação ambiental, revitalização de microbacias, gestão de resíduos sólidos, pesquisa e desenvolvimento e projetos especiais de relevância ambiental. Segundo ela, os projetos receberão, inicialmente, verbas da ordem de R$ 200 mil, oriundos do Fundo Único de Meio Ambiente (FAMMA). Entre os recursos que constituem o FAMMA, estão os valores arrecadados com as multas previstas na legislação ambiental.

A expectativa é que o projeto “Para Colher, Basta Reciclar” traga como benefícios a preservação do meio ambiente, mais renda para a comunidade, e diminuição de focos da dengue, de acidentes domésticos e da mortalidade de animais por ingestão de resíduos descartados de forma inadequada.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *