PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Esporte » Campeonato Mineiro » Campeonato Mineiro 2018 – Atlético vence América e inverte a vantagem da semi

Campeonato Mineiro 2018 – Atlético vence América e inverte a vantagem da semi

Campeonato Mineiro 2018 – Atlético vence América e inverte a vantagem da semi

Muito se espera de Cazares. Mesmo quando não faz um grande jogo, tem qualidade para decidir. Com uma pitada de sorte e força, coube ao equatoriano desenhar a jogada e anotar o gol que inverte a vantagem no clássico da semifinal do Campeonato Mineiro.

Equatoriano Cazares entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória no primeiro clássico da semifinal
Equatoriano Cazares entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória no primeiro clássico da semifinal

 

Com a vitória por 1 a 0 sobre o América, o Atlético, agora, pode empatar o duelo de volta, domingo, às 16h, também no Independência, para chegar à decisão do Estadual. Mas como virou praxe nos últimos encontros entre alvinegros e alviverdes, houve muita polêmica. O Coelho teve dois gols anulados e reclamou da equipe de arbitragem comandada por Igor Júnio Benevenuto.

No Galo, que ainda procura um time mais equilibrado, Larghi preferiu não mexer no time, mantendo os 11 que iniciaram contra a URT. Otero ficou no banco. No América, vice-líder da primeira fase, a baixa ficou por conta do goleiro João Ricardo que, machucado, deu lugar no gol ao garoto Jory. Foi a estreia do jogador de 22 anos no profissional americano.

Como o empate favorecia o América, coube ao Atlético tomar a iniciativa do jogo. Luan era a principal arma de escape. O alviverde, aos poucos, passou a incomodar e o clássico ganhou em emoção. Com transações rápidas, o alvinegro criou mais, chegou a ter 70% de posse de bola e poderia ter tido sorte melhor no primeiro tempo, se Ricardo Oliveira não tivesse perdido um gol incrivelmente de cara para a meta.

No fim da etapa inicial, o América teve um gol anulado porque a arbitragem viu o desvio e o impendimento de Norberto no lance. O lateral negou o desvio. E a segunda etapa mal começou com novo gol americano invalidado por impedimento.

O certo é que a equipe alviverde voltou bem melhor e deixou o Galo acuado nos primeiros minutos. Só depois que a torcida do Atlético pediu e Larghi colocou Otero no jogo que o time se reorganizou um pouco, buscando o espaço pelo lado esquerdo.

Com o passar do tempo, no entanto, faltava paciência e o recurso foram os chutes de longe, sem direção. Quando recuou uma bola de longe pra Victor, Cazares tomou uma sonora vaia da torcida. Com as mãos, o equatoriano pediu calma. Em questão de minutos, estava na área e, depois de ganhar no pé de ferro, tocou manso para abrir o placar aos 31 mim. E olha que ele teve chance de ampliar aos 42 min, mas desperdiçou.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *