Publicidade
FENICS 2108 - RESERVE JÁ,JÁ, SEU STAND!  
Inicio » Nacional » Deputado Zé Silva homenageia com sessão solene os 28 anos da ASBRAER

Deputado Zé Silva homenageia com sessão solene os 28 anos da ASBRAER

Deputado Zé Silva homenageia com sessão solene os 28 anos da ASBRAER

O deputado Federal Zé Silva (Solidariedade/MG), presidente da Frente Parlamentar da Extensão Rural, extensionista de carreira,  promoverá na Câmara dos Deputados, Sessão Solene em homenagem aos 28 Anos da – Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural   (Asbraer).

Deputado Zé Silva homenageia com sessão solene os 28 anos da ASBRAER
Deputado Zé Silva homenageia com sessão solene os 28 anos da ASBRAER

 

A homenagem foi aprovada por unanimidade pela Comissão de Agricultura, por meio do requerimento 8688/2018,  de autoria do deputado Zé Silva. A sessão solene ocorrerá, no dia 10 de junho, às 10h, no plenário Ulysses Guimarães.

A excelente atuação do deputado Zé Silva à frente da Emater – Minas Gerais levou-o à presidência da Asbraer, cargo para o qual foi eleito por dois mandatos consecutivos, promovendo a transformação do serviço de Ater no Brasil.

Há quase 28 anos, a Asbraer, por meio das 27 entidades estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), faz chegar aos grotões do estado brasileiro – nas comunidades que mais precisam- o serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural, e assim levar qualidade de vida ao campo e alimento na mesa dos brasileiros. “Após atravessar momentos de grandes dificuldades e embaraços provocados em grande parte pelas mudanças de regime jurídico, a Asbraer conseguiu se organizar e articular com as instituições estaduais a continuidade da prestação do serviço de extensão rural, extremamente essencial ao desenvolvimento da agricultura brasileira, principalmente no que diz respeito à agricultura familiar”, justifica Zé Silva

O deputado afirma que são inúmeros os desafios enfrentados, por isso a homenagem é justa, mas é necessário que toda a rede de Ater, mobilize os parlamentares, para que participem da causa “extensão rural brasileira, valorização e evolução no campo”, para o reconhecimento do governo e da sociedade. “Tenho a satisfação de defender o serviço de Assistência Técnica e de Extensão Rural no Congresso Nacional, que há 69 anos vem transformando a vida dos brasileiros que vivem no campo”, explica Zé Silva.

“É com muito orgulho, e como presidente da Asbraer, nós, as 27 Emateres associadas, celebramos mais um ano da construção e fortalecimento da ATER pública do Brasil. São 28 anos de realizações que muito contribuíram para a pujança e qualidade da agricultura que faz jus ao título que este país carrega. Celeiro do mundo”, afirmou Luiz Ademir Hessmann, presidente da Abraer.

Durante a solenidade, o presidente da Asbraer, apresentará as Diretrizes da Ater, que serão entregues aos futuros presidenciáveis, juntamente, com a assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre MAPA/Sead/ABCZ, além, da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre, Asbraer Anater,Embrapa  e Consepa .

Extensão rural brasileira –  A extensão rural brasileira tem uma força de trabalho de 16 mil extensionistas de campo e mais de nove mil profissionais administrativos, para um universo de 4,3 milhões de agricultores familiares. Apenas metade desses agricultores são assistidos  pelos profissionais, isso, segundo dirigentes do setor, afeta a geração de renda no meio rural, a segurança alimentar da população e deixa sem direito à assistência técnica mais de 2 milhões de agricultores. Os serviços de ATER estão presentes em 5.359 municípios (96% do País), mas com uma força de trabalho muito aquém do necessário para atender a totalidade dos produtores. Os agricultores que recebem esses serviços têm uma produtividade quase quatro vezes maior do que os que não recebem.

O deputado destaca que a Agência Nacional de Assistência  Técnica e Extensão Rural (Anater) é  um grande avanço  para  a extensão rural. “A Anater é o caminho para os avanços dos serviços de extensão rural, uma caminhada iniciada, em 2006, com apoio de várias entidades. A Anater é a garantia de que os agricultores poderão contar com  o esse importante serviço, melhorando a qualidade da assistência técnica no Brasil, e em direção à universalização desse serviço fundamental”, destaca Zé Silva.

Conquistas – O serviço de ATER que vem se superando pela capacidade técnica e força de seus profissionais conta com a Lei da Agricultura Familiar, a  Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pnater), a Lei Geral de ATER e a Anater, mostra resultados eficazes e promover uma agricultura familiar organizada e empreendedora, que demanda legitimamente direitos sociais, pois demonstra seu grande potencial econômico.

Asbraer – É uma organização independente, apartidária e sem fins lucrativos, fundada em 8 de junho de 1990.São mais 26 anos de trabalho para manter ativa a integração e o intercâmbio das 27 entidades estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). O trabalho  é realizado a partir de iniciativas políticas e planejamento para levar qualidade de vida para o campo.Em sintonia com as filiadas, a Asbraer assegurou a inserção da assistência técnica e da extensão rural na agenda nacional, em defesa de um modelo de desenvolvimento ambientalmente sustentável, economicamente viável e socialmente justo.

Frente Parlamentar de Assistência Técnica e Extensão Rural da Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado Zé Silva,  com o apoio de entidades promoveu seminários, audiências públicas e sessão solene, no Plenário da Câmara dos Deputados, fortalecendo e conquistando espaços importantes na pauta das prioridades do Brasil.

Durante os anos de 2016 a 2017, a  Frente de ATER , promoveu  em todas as regiões do Brasil o seminário “A extensão rural que queremos, e o Brasil precisa”, com o objetivo de  promover a interação  entre os profissionais das entidades nacionais e estaduais e a população brasileira. Como resultado, a Frente está finalizando um documento que servirá de base para discussão com os candidatos nas eleições deste ano. “Nosso objetivo maior é assegurar que nenhuma conquista seja perdida e evitar que questões políticas impeçam os avanços da agricultura familiar e da extensão rural em todo o Brasil”, explica Zé Silva

Convidados para a solenidade – Extensionistas de todo país, membros das Frentes de Extensão Rural e Agricultura Familiar, representantes das  Emateres,  Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), Agência Nacional de Assistência Técnica  e Extensão Rural (Anater), Federação Nacional dos Trabalhadores da Assistência Técnica e Extensão Rural  e do Setor Público Agrícola do Brasil (Faser), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Academia Brasileira de Extensão Rural (ABER),Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (Abcz), Conselho Nacional das Entidades Estaduais em Pesquisa Agropecuária (Concepa), Secretaria de Políticas para as  mulheres, Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar do Brasil (Fetraf) e Secretaria de Agricultura de Brasília.

Serviço:

Dia: 11 de junho de 2018

Coffe Break: 9 horas, no café do Salão Verde

Horário: 10 horas

 

Histórico   Zé Silva  – presidente da Asbraer

Zé  superou um grande desafio e transformou a Asbraer em uma entidade de extensionistas em defesa de um desenvolvimento ambientalmente sustentável, economicamente viável e socialmente justa, preocupada em garantir qualidade de vida para a atual e as futuras gerações.

A  Asbraer ultrapassou os limites do Brasil e chegou até a França com a primeira missão internacional e a contratação de estudos que resultou em uma coletânea de volumes com temas relevantes para atuação da Entidade em todos os estados brasileiros.

Criou a Academia Brasileira de Extensão Rural – (ABER), desejo que nasceu da necessidade de valorização do saber do campo e de imortalizar aqueles que com afinco dedicam-se a essa ciência.

Engenheiro agrônomo de formação, extensionista de coração, e então presidente da Asbraer, Zé Silva sempre foi o porta-voz do homem do campo. O grande marco de Zé Silva foi à identificação da necessidade de criar um órgão nacional gestor da ATER.

O presidente  da Asbraer , José Silva abriu um novo caminho para a agricultura familiar e extensão rural, por meio do fortalecimento de políticas públicas que garantiram melhores condições e oportunidades para o meio rural. A lei da Agricultura Familiar foi sancionada e a Lei Geral da ATER – SIBRATER.

Na presidência da ASBRAER, Zé Silva criou a medalha mérito da Extensão Rural “Jonas Pinheiro”, condecoração para homenagear pessoas que contribuíram e lutaram pela extensão rural no Brasil.

A medalha ganhou o nome de um grande extensionista, que atuou como técnico e presidiu a empresa mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), foi deputado federal, senador e sempre lutou pelas questões ligadas à agricultura nacional. Criou também o Dia Nacional da Extensão Rural, com ampla divulgação, mobilização e a comunicação passou a ser institucionalizada.

“O extensionista é a primeira e provavelmente a única esperança da presença do estado brasileiro no campo. Ele leva inovação, conhecimento e o apoio necessário para a produção do alimento, garantindo a permanência das gerações futuras no campo, e preservando o meio ambiente, reduzindo a miséria e as desigualdades nas regiões”, Zé Silva

Leia Também

Saiba como conhecer Nova York fazendo um cruzeiro pelo rio que corta a cidade

* Por: da redação - 16 de agosto de 2018. Saiba como conhecer Nova York …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *